26/02/2017

Msicas de Carnaval que seriam proibidas

Apesar das conquistas de liberdade, algumas até exageradas, como a falta de respeito com professores, com os mais velhos, com policiais e autoridades, não existe a mesma tolerância e esportiva com as piadas e alguns temas de músicas carnavalescas como antigamente. Vejamos, por exemplo, algumas marchinhas de Carnaval que foram sucesso, mas agora talvez fossem criticadas  por certos grupos de defesa disso e mais aquilo. Hoje estaria proibida aquela que fala “o teu cabelo não nega, mulata” seria criticada por racismo. Se cantasse “me dá um dinheiro aí”, estaria entre os suspeitos da Lava-Jato. Máscara Negra não seria permitida para não incentivar novos black blocs. Vou beijar-te agora, não me leve a mal, também não podia, por ser assédio sexual. Você tem que me dar seu coração seria incluídacomo crime passional. Segura a chupeta, meu bem, diriam ser uma clara pedofilia. Aquela outra, que o Sílvio Santos gravou, e que diz A pipa do vovô não sobe mais, também não seria recomendada por caracterizar um bullying com os idosos. Aquela do Chacrinha, “Maria Sapatão, de dia é Maria, de noite é João”, nem pensar, que seria apologia gay Feliciana. E não poderíamos cantar, de jeito nenhum, aquela marchinha tão  gostosa e conhecida, cujo letra fala assim: “Olha a cabeleira do Zezé, será que ele é, será que ele é?” Seria uma clara demonstração de homofobia. Principalmente com a turma no salão completando ao final do verso, “será que ele é, será que ele é”? E todo mundo gritasse “bicha, bicha”, como a gente fazia e era tão animado. Agora tudo é fobia. Ficou chato. 
 
 

26/02/2017

Tup

Mais leitores e alguns amigos que mudam de idade esta semana: Ana Emília P. Cordeiro, Eduardo Hilário de Oliveira, Mauro Aímoli, Sérgio Ewbank, , professora Lúcia Garcetti, dentista Sérgio Augusto de Paula, Maria Apparecida Moscardini Pimenta e o esposo Sebastião Pimenta. Quem também acompanha sempre estas linhas é o médico Enéas Andrade Cunha e esposa Marlí.  
 

26/02/2017

25 anos do Mis

O Museu da Imagem e do Som completa este ano seu jubileu de prata, ou seja, os 25 anos desde que foi criado por lei municipal e denominado Bonaventura Cariolatto.  Nazir Bittar e Bony  estudam uma comemoração, contando agora com a direção do Luiz Cláudio Bassoteli, que retornou ao MIS, demonstrando muita vontade.
 

26/02/2017

Ordem no Centro

O prefeito Gílson de Souza precisa logo definir quem vai se encarregar de colocar a região central em ordem, fiscalizando e cobrando a infinidade de camelôs pelas praças e terminal de ônibus. E controlar também a poluição sonora, pois além de perturbar quem mora ou trabalha por ali, dá uma impressão negativa a quem chega como visitante. É preciso alguém de pulso firme nessa função.
 

26/02/2017

Olho vivo

Temos ouvido seguidas reclamações de exploração em prestação de serviços, principalmente envolvendo carros. A maior que me contaram foi quando o sujeito levou o carro para um determinado serviço e alegaram que seria preciso trocar o amortecedor. Se estava mesmo com defeito era para trocar. Só que na hora de pagar ele apresentou a nota de garantia da tal peça “com defeito.”
 

26/02/2017

Confira se travou

Cuidado ao estacionar o carro num lugar de aglomeração de pessoas, como por exemplo, estacionamento de shoppings. Ao acionar o alarme, não vire as costas em seguida, mas confirme se a porta ficou realmente trancada, e o alarme não foi bloqueado por algum malandro por perto. 

26/02/2017

Calado de veculos

É preciso uma união da Secretaria de Segurança, de Trânsito e Guarda Civil, para devolver os calçadões para os pedestres, já que em alguns trechos, carros, motos e bicicletas tomaram conta do espaço. O exemplo mais evidente fica entre a Praça Barão e a Saldanha Marinho, começando desde o Correio. Carros e motos, sem necessidade, passam buzinando e exigindo passagem. Absurdo.

26/02/2017

Aniversrio

Aniversaria hoje nossa amiga Vitória Fernandes...amanhã, Eduardo Sanches (torcedor apaixonado do Franca- Basquete)e o Walterzides Naves...na terça: Thales Hidalgo (Bar do Inécio), os irmãos Ticuba e Neuza Garcia Fernandes, Neto (Jardim Francano) e Carlos Mattar..na quarta: Marina P. Franchini, Cidinha, esposa do Prefeito Gílson de Souza e Riad Salloun... Segue ali na TUP...

Selecione uma data

Veja edies anteriores: