14/01/2018

A vida de frente pra trás

Sou admirador de frases e textos do genial Charles Spencer Chaplin, o gênio do cinema mudo, ator, dançarino, diretor e produtor inglês, que nasceu em 16 de abril de 1889 e morreu no Dia de Natal de 1977. Conhecido como Carlitos, seu mais famoso personagem, Charles Chaplin deixou mensagens muito interessantes, e numa delas, fala da imaginação da vida acontecendo de trás pra frente. 
 
Certa ocasião, vi o também genial Chico Anysio, na televisão, falando a mesma coisa. Claro que se trata apenas de uma fantasia, mas é interessante. 
 
Chaplin achava a coisa mais injusta a maneira como a vida termina. E entendia que o verdadeiro ciclo da vida está ao contrário do que podia ser. 
 
Nós devíamos morrer primeiro, para nos livrar logo disso. Daí, nascer vivendo num asilo, até ser botado pra fora de lá por estar muito novo. Ganhar um relógio de ouro e ir trabalhar. Então, a gente trabalhava 40 anos até ficar novo para poder aproveitar a aposentadoria (não ia ter Michel Temer para atrapalhar). 
 
Aí, podíamos curtir tudo, beber muita cerveja, fazer festas e nos preparar para a faculdade. A gente depois ia pro colégio, ia ter muitas namoradas, virava criança, sem qualquer responsabilidade, daí seria bebezinho de colo, voltava pro útero da mãe e passava os últimos nove meses de vida flutuando... E terminava tudo com um ótimo orgasmo. 
 
Não seria ótimo? Bem, mas voltemos a encarar a realidade da vida como ela é, sem receio, pois, como Chaplin dizia, a vida é maravilhosa para quem não tem medo dela. E sorrindo sempre, pois segundo ele também, o dia mais desperdiçado é aquele em que não damos nenhuma risada. E você? Já deu sua risada hoje?
 

14/01/2018

Tup

Mais alguns amigos e leitores aniversariam nesta semana, começando pelo meu sobrinho e afilhado, Beto Rezende Rodrigues, e o Laércio Joaquim dos Santos, ambos na sexta-feira próxima... Na quinta, dona Aurora Veríssimo, o ex-prefeito de Cristais Hélio Kondo e Ana Carolina Pereira... No próximo sábado, comandante da Drogafarma, Ébio Pedrosa, Samy Elias Mussi, Jairzinho, ex-jogador da Francana, Padre Fábio Girolamo e Marcinho Martins.  
 

14/01/2018

65 anos de união

Desde o último dia 6, o casal Sr. Eduardo Belloti Filho (ex-diretor da Amazonas) e Marta Oliveira Belloti completaram 65 anos de união. Casaram-se no dia 6 de janeiro de 1953, vindo os filhos Rosalice Belloti Freitas, Flávio Belloti Almeida, Mara Helena Belloti e Maria Aparecida Oliveira Belloti, que lhes deram 8 netos, entre eles a Caroline, que mandou o recado. Parabéns ao casal e um abraço a todos.
 

14/01/2018

Bagunça

Sabemos do dever de respeitar o direito que todos têm de ir e vir, mas que também respeitem famílias que estão por perto. Dia desses, em plena praça N.S. da Conceição, três desses andarilhos ou moradores de rua xingavam um ao outro, em termos pesadíssimos, enquanto um deles fazia suas necessidades por lá mesmo, sem qualquer pudor. Será que pra corrigir isso também é preciso comunicá-los antes?
 

14/01/2018

Visita do Daniel

O cantor Daniel esteve na vizinha Rifaina na virada de ano. Segundo soubemos, passou com familiares e amigos num rancho próximo à cidade, sem ir até lá para evitar tumulto. Muito simpático, permitiu ser filmado, tocando violão e cantando trecho de um dos seus maiores sucessos, adaptando uma declaração de amor à cidade, que ele disse ter gostado e prometendo voltar em breve. É Rifaina Beach.
 

14/01/2018

Olho vivo

Muitas pessoas têm o péssimo costume de abrir a porta do carro ou conservá-la aberta, sem observar  se vem algum veículo logo atrás. Dia desses, inclusive, a TV Record Regional mostrou um desses acidentes em nossa cidade, com a porta sendo arrancada e por pouco não atingiu também sua condutora. Nunca se deve abrir a porta, para entrar ou sair, sem olhar antes. Pra isso tem retrovisor.
 

Selecione uma data

Veja edições anteriores: