Festa de arromba

Por: Lívia da Silva Inácio

109544

Um dia o Gerúndio deu a todos uma notícia que fez sacudir cada página daquela gramática:

- Pessoal, na semana que vem, eu vou dar uma festa lá no meu parágrafo.

A Onomatopéia, animada como ela só, saltou do seu recinto:

- Opa! O que a gente precisa levar?

E o Gerúndio, após tirar os convites do bolso, respondeu distribuindo os ingressos entre a galera:

- Vocês só precisarão estar levando estes ingressos. Estarei esperando por todos fantasiados.

- Então, a festa é à fantasia? - Perguntou a Interjeição.

O dono do evento disse que sim acenando com a cabeça.

A euforia foi total. Naquele mesmo dia, todo mundo escolheu a sua roupa. O livro inteiro queria colocar as “aspinhas” de fora e ousar no visual.

O Acento Agudo quis se fantasiar de Ponto Final (Sempre invejou o formato circular do companheiro). O Ponto Final, por sua vez, quis se vestir de Letra O (Sempre sonhou em ser uma bolinha um pouquinho maior).

A Vírgula, a mais ponderada da Gramática, resolveu se vestir de Hipérbole... Enfim, imaginem só no que deu!

O grande dia chegou e a festa foi um “estouro”! O Sufixo passou a noite xavecando a Raiz, sem muito sucesso porque esta já estava de olho no Período Composto. Acontece que ele se encantou pela Paráfrase, que estava de olho no Sujeito Paciente de uma oração qualquer. Só que o Sujeito Paciente nutria um amor platônico pela Antítese, fantasiada de Metáfora. Quando resolveu se declarar à sua amada, era tarde demais! Ela já estava aos beijos com o Paradoxo sobre a margem direita daquela página.

Conclusão: eis o único casal formado ali. “Antítese e Paradoxo”. E quem disse que os opostos não se atraem?

O resto da turma ficou curtindo a dor de cotovelo e muitos até imploraram um milagre a Santo Antônimo. Como Santo Antônimo sempre costuma dar o contrário do que lhe pedem, alguns preferiram não arriscar um pedido.

Hoje, quando abri o dicionário, encontrei o convite de casamento do Paradoxo e da Antítese. A festa será amanhã no rodapé do sumário do Dom Casmurro. Todo mundo vai estar lá, gente! Eu não perco essa por nada!

(Me contaram que teremos sopa de letrinhas para o jantar!)

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras