Como ser feliz?

Por: Tânia Liporoni

Felicidade não tem um tom festivo. Não é um evento, uma animação. Nem é algo programado no superlativo de tão emocionante. Alguma coisa estática, que paralisa o tempo, e, assim, fica-se... feliz. Digo: quando isto acontecer, serei plena; quando atingir tal etapa, serei realizada; ou, quando eu tiver aquilo, serei feliz. Como se a alma ficasse cristalizada nesta quadra. Penso que a felicidade está mais relacionada com a tranquilidade. Saber que as coisas se movimentam, o mundo gira e tudo muda. Saber também da fragilidade da vida e estar sereno mesmo assim. Se e´que serenidade é adquirida de alguma forma. Mas, é possível encontrar alegria apesar dessa fragilidade, dos problemas administráveis até chegar o próximo, pois há uma sucessão deles. Dá para ser feliz, sem expectativas muito altas, sorvendo as pequenas coisas, os minúsculos momentos. É factível sim ter uma grande pequena felicidade.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras