Medo pra quê?

Por: Cristiane Ávila Paulo

Tens medo de quê?
De sair machucado?
De ser do mundo exilado?
Ou de não ser lembrado?
 
Sofres se pensas no quê?
Nas sombras do passado?
No presente atrapalhado?
Ou no futuro embaçado?
 
Perdes o sono por quê?
Pela dolorida agonia?
Pela viagem de um dia?
Ou por uma anestesia? 
 
Teu medo serve pra quê?
Para te deixar mais forte?      
Cortar as asas da sorte?
Ou para tirar-lhe o norte?
 
Ter medo pra quê?
Se o importante é o agora,
Deixa a ansiedade lá fora
E manda o temor embora.
 
Olha pra frente e crê.
Se o que incomoda é inquieto
E pode o alívio estar perto,
Que tal confiar no incerto?
 
 
Cristiane Ávila Paulo, advogada

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras