Cestas de Natal

Por: Zelita Verzola

305455
Todo Natal a moça levava a cesta para a senhora. Mantimentos comuns e outros da época. Acrescentava algum mimo compassivo e muito amor fraterno. Recebia outra cesta muito, muito mais valiosa. Embrulhadas em papel coragem, vinham força, alegria e digna gratidão. A senhora se foi. A moça continua recebendo sua cesta. Com um item a mais: uma benfazeja e terna saudade.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras