Joaquim: promotor acredita que menino desaparecido esteja morto

Região Notícias A- A+ 09/11/2013 Autor(a): Leandro Vaz Função: Chefe de Reportagem
Joaquim: promotor acredita que menino desaparecido esteja morto

O menino Joaquim em foto de arquivo da família

A Promotoria e a Polícia Civil de Ribeirão Preto não acreditam que o menino Joaquim Ponte Marques, 3, esteja vivo. "Com o passar do tempo, nós acreditamos que essa criança não esteja mais viva, e agora existe todo um trabalho no sentido de encontrar o corpo", disse o promotor do caso, Marcus Túlio Nicolino ao portal G1.

Ontem, o promotor se reuniu com o delegado Paulo Henrique Martins para avaliar um novo pedido de prisão para o padrasto e a mãe da criança, que são considerados suspeitos pelo desaparecimento de Joaquim.

As investigações continuam e agora a polícia deve ouvir pessoas que conheciam Joaquim e sua família. 

ESCOLA

A direção da escola de Joaquim afirmou que o garoto não frequentava a escola há pelo menos uma semana. Segundo a diretora do colégio, as faltas teriam sido justificadas pelo descobrimento recente de diabetes no menino.

5 Comentários

  1. 7 pessoas gostaram Gostei

    .Deus tenha piedade desses dois malditos

  2. 7 pessoas gostaram Gostei

    Esta situacao e uma afronta a qualquer inteligencia!! Esta mais do que obvio o que ocorreu com esta crianca!! Temo que por nao haver corpo,este seja o crime mais que perfeito!!

  3. 7 pessoas gostaram Gostei

    espero que vc esteja bem e a qualquer hora ira aparecer deixando todos nós aliviados é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanha

  4. 7 pessoas gostaram Gostei

    Não me resta, a meu ver, outra saída senão encampar esta causa e profissionalmente sugerir que algo seja feito. Por isso encaminhei o requerimento abaixo a OAB/Ribeirão Preto. Prezado (a) Colega Advogado (a). Diante de tamanha notoriedade sobre o desaparecimento do menino Joaquim, venho por meio deste contato externar o desejo de que a OAB Ribeirão Preto se solidarize a causa e na mais brilhante das suas atribuições, disponibilize membros de alguma das várias comissões existentes para acompanhar familiares deste garoto. Principalmente que dê o merecido amparo ao pai, que independentemente de qualquer que sejam as circunstâncias que corroboraram para essa fatalidade, almeja a elucidação de todo esse embrólio, e que para tanto, espera e clama por ajuda seja ela vinda de onde vier. Sem maiores formalidades, finalizo na certeza de ver minha sugestão acatada por esta respeitada subseção, da qual acompanhando a distância percebo sua efetividade, comprometimento e acima de tudo a busca por Justiça. Aproveito por fim nesse ato para reiterar votos de estima e consideração. Att, GUSTAVO LEONEL ADVOGADO OAB/SP 324.911 Subseção Franca/SP

  5. 7 pessoas gostaram Gostei

    Não me conformo com essa situação!!! INDIGNADA

Comente esta notícia

Não serão publicadas mensagens/comentários que desrespeitem a lei, apresentem linguagem ou material obsceno ou ofensivo, sejam de origem duvidosa, tenham finalidade comercial ou não se enquadrem no contexto da matéria comentada. A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do GCN Comunicação e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Seu comentário não será liberado instantaneamente. Antes, passará por análise da editoria on-line do portal.

*

*

*

Li e concordo com o código de conduta online.