17/03/2017 - Reportagem de Edson Arantes

Avô é acusado de ajudar neto a matar desafeto na V. Rezende

Foto de: Cassio Freires/Difusora

O assassinato de Hélio Vasconcelos aconteceu domingo à tarde, na avenida Major Moura Matos

O borracheiro Luís Felipe Martins França, acusado de matar o motorista Hélio de Paula Vasconcelos, 43, na Vila Rezende, se apresentou ontem à Polícia Civil. Ele confessou a autoria do crime, mas como escapou do flagrante, foi solto após prestar depoimento. Vai responder em liberdade por homicídio duplamente qualificado. Um fato novo veio à tona: a equipe da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) apurou que o avô dele, José do Carmo Rosa, de 58, também teria ajudado a matar a vítima.

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

1 COMENTÁRIO

Felipe

17 de Março 2017

E assim temos mais dois assassinos confessos soltos, aguardando julgamento por anos a fio em liberdade, por conta da vergonha que é este país.

Gostei - (26 pessoas gostaram)
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do GCN Comunicação e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.
 

Você leu , mas ainda tem á disposição gratuitos este mês. No GCN, tem sempre mais para ler.

Assine agora e tenha acesso ilimitado ao portal GCN.

JÁ É ASSINANTE? ENTRE AQUI