19/03/2017

PREVIDÒNCIA

Até agora só se falou em mexer no bolso e na idade do trabalhador para ajustar o déficit previdenciário. Enquanto o governo não resolver o problema pela raiz, na desigualdade dos direitos não teremos uma solução eficaz. Sem “sacrificar” os privilégios e benefícios da classe política não haverá equilíbrio muito menos justiça. As aposentadorias mais altas são pagas aos políticos, a cada quatro anos surgem novos pensionistas com superpensões (tinham que aposentar como qualquer trabalhador e não ter direitos fora das regras), para eles não existe fator previdenciário só vantagens imorais. Temos os políticos mais caros e corruptos do mundo, ganhando benefícios absurdos enquanto ficamos sujeitos aos atos desses criminosos que legislam em causa própria. 
Veja mais

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

0 COMENTÁRIO
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do GCN Comunicação e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.
 

Você leu 0, mas ainda tem á disposição gratuitos este mês. No GCN, tem sempre mais para ler.

Assine agora e tenha acesso ilimitado ao portal GCN.

JÁ É ASSINANTE? ENTRE AQUI