20/03/2017 - Reportagem de Priscilla Sales

Governo de São Paulo retira carne e salsicha da merenda após operação f

A Secretaria da Educação de São Paulo anunciou no início da tarde desta segunda-feira a suspensão temporária do consumo de carne na merenda oferecida pelas cinco mil escolas da rede estadual aos alunos. Segundo o governo, a medida foi adotada de forma preventiva depois da Operação Carne Fraca que revelou fraude na liberação de licenças e fiscalização de frigoríficos no país.

Na lista de produtos suspensos, estão oito alimentos:
-  salsicha de peru congelada
- carne bovina moída congelada
- carne bovina em iscas congelada
- carne bovina em cubos congelada
- salsicha hot dog congelada
- carne bovina em cubos (embalada sem necessidade de refrigeração 'pouch')
- carne bovina enlatada (embalada sem necessidade de refrigeração 'pouch')
- peito de frango em cubos (embalada sem necessidade de refrigeração 'pouch')
 
No lugar dos itens retirados do cardápio serão servidos alimentos como sardinha e atum enlatados, ovos, carne suína, legumes, verdura, feijão e molhos.
 
Os alimentos suspensos passarão por uma nova fiscalização, que ainda não foi detalhada pela secretaria. 
 
A Secretaria Municipal de Educação foi procurada para comentar a operação e a suspensão, mas o Setor de Alimentação Escolar ainda não tinha uma definição a respeito.

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

0 COMENTÁRIO
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do GCN Comunicação e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.