09/08/2017

Idosos e livre acesso

Tenho escrito muito aqui, e muitas vezes, mesmo sabendo que não adianta, sobre comportamentos que deveriam nos envergonhar, mas — absurdo — nos orgulham. Furamos filas, recebemos troco a mais sem devolver, atiramos papel e seja lá o que for pela janela de automóveis; levamos cãozinho a passear sem pá e saquinho plástico para recolher cocô que depositam nas calçadas alheias; votamos em bandidos consumados para dilapidar cofres públicos só para se ver livre do voto...
Veja mais

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

1 COMENTÁRIO

Darsio Batista

14 de Agosto 2017

O futuro do Brasil é amedrontador. Nossa população está em processo de envelhecimento e, a cada ano aumenta o número de idosos. É verdade que temos o Estatuto do Idoso, mas que tem ficado apenas no papel por conta da incompetência dos que nos governam e da falta de educação e de caráter de muitas pessoas, as quais esquecem que amanhã serão elas as idosas. Nossos idosos representam a sabedoria e a experiência e, muito tem a contribuir para a sociedade. Mas, se não bastasse uma política previdenciária que os tratam como vagabundos e os forçam a fazer o milagre de sobreviver com um salário mínimo, o desrespeito muitas vezes vem de dentro de casa. Enfim, digo que as cidades não estão preparadas e nada fazem para se preparar no intuito de atender a essa importante faixa etária da população brasileira. E, para agravar o quadro notamos que muitos indivíduos que posam de corretamente honestos, não passam de grandes demagogos.

Gostei
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do GCN Comunicação e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.