12/08/2017 - Reportagem de Carolina Ribeiro

Acordo trava e sapateiro fica sem saber de aumento

Foto de: Comércio da Franca

Sebastião Ronaldo, do Sindicato dos Sapateiros, disse que não deve pedir o dissídio para não atrapalhar acordos individuais

O impasse que ronda o reajuste salarial dos sapateiros, que representa perto de 22 mil empregados e é a maior categoria na cidade, chega ao 5º mês sem indício de definição. E, enquanto o Sindicato dos Sapateiros de Franca e o Sindifranca (Sindicato das Indústrias de Calçados de Franca) não entram em um acordo nem ingressam com o dissídio na Justiça para resolver a questão, muitos trabalhadores continuam sem saber se e quando terão um aumento salarial.

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

2 COMENTÁRIOS

Rose Cintra

15 de Agosto 2017

Sindicato de merda, até agora estamos a deriva, queremos aumento e eles vem com essas conversinhas que não levam a nada, na minha opinião esse sindicato tinha que fechar as portas.

Gostei - (30 pessoas gostaram)

Wilian

12 de Agosto 2017

A verdade é que o Sindicato só preocupado em fazer associação não tá afim de correr atrás de aumento. Até a empresa são José conseguiu 7% mais os sapateiro nada esse acordo individual não funciona como nunca funcionou mais aqui em Franca já é normal e em relação ao ministério público do trabalho não estão nem aí porque a maioria e de familiares de empresários de Franca vocês acham que vão correr atrás claro q não.

Gostei - (378 pessoas gostaram)
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do GCN Comunicação e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.