07/12/2017

MORADORES DE RUA

Comungo com as declarações dos vereadores Corrêa Neves, Marco Garcia, Della Motta e Adérmis Marini: infelizmente a inversão de valores chegou à nossa cidade. A maioria dessas pessoas é moradora de rua por opção (tem mais saúde que muitos trabalhadores que ralam o dia todo para cuidar de suas famílias); vários deles têm passagens policiais por furtos, roubos e agressões. Não querem saber de trabalhar porque arrecadam dinheiro nos semáforos para sustento dos seus vícios e são assistidos pelo Centro Pop que, embora seja um projeto dignificante, atende uma clientela inadequada, enquanto os verdadeiros andarilhos passam o dia recolhendo materiais recicláveis na cidade para seu sustento e, estes sim, realmente necessitam e merecem esse tipo de acolhimento. Porém, são deixados de lado. Com essa posição, o Ministério Público contribui e muito para com o surgimento e crescimento desordenado de favelas em nosso município. Leia em http:/ /gcn.net.br/noticias/366597/franca/2017/12/vereadores-criticam-acao-do-ministerio-publico-relacionada-aos-moradores-de-rua
Veja mais

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

0 COMENTÁRIO
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.