08/01/2018 - Reportagem de Edson Arantes

Grupo de sem teto invade casas populares em São José

Foto de: WhatsApp GCN

As casas em construção foram invadidas por um grupe de sem-tetos em São José da Bela Vista

Dezenas de famílias invadiram um conjunto habitacional que está sendo construído em São José da Bela Vista no fim de semana. No local, há 108 casas populares. Os sem teto afirmam que todas as unidades foram ocupadas e que a invasão é um protesto pela demora na conclusão e entrega das moradias. As obras se arrastam há seis anos.
O Conjunto Habitacional começou a ser construído em junho de 2012 por meio de uma parceria entre o governo do Estado e a Prefeitura. O investimento era de R$ 7,1 milhões e o prazo de conclusão era de 12 meses. Há mais de um ano, nada é feito no local. A construtora responsável abandonou a obra e foi embora. Não há energia elétrica, água encanada, rede de esgoto e muito menos asfalto. Revoltada com a morosidade, a população resolveu tomar uma atitude drástica e invadiu as casas.
A CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) informou que a execução da obra e a vigilância do canteiro da área do conjunto são de responsabilidade do município e da empresa contratada por meio de processo licitatório pela Prefeitura. “A Companhia é responsável em repassar recursos desde que se comprove a evolução do empreendimento por meio de medições”.
O prefeito Paulo César do Nascimento, o “Quinzinho”, que assumiu a Prefeitura em maio do ano passado, disse que abriu nova licitação, já em fase conclusão, para contratar nova empresa e concluir as casas. “Na próxima semana, vamos abrir os envelopes e escolher a nova construtora. O prazo de conclusão está previsto entre 12 e 15 meses. Pedi aos invasores que deixem as casas numa boa. Não queremos violência.”

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

0 COMENTÁRIO
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.
 
Top 5 de hoje
1