12/01/2018 - Reportagem de FolhaPress

Morte de professor indígena foi por motivo fútil

Policiais civis de Santa Catarina prenderam na manhã desta sexta-feira (12), em Gaspar, cerca de 50 km de Balneário Camboriú, no litoral norte do Estado, um rapaz de 22 anos suspeito de matar a pauladas o professor indígena Marcondes Namblá, 36 anos. O crime ocorreu na madrugada do primeiro dia do ano e teve grande repercussão depois que imagens registradas por câmeras de segurança vieram a público. As informações são da Agência Brasil.

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

0 COMENTÁRIO
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.