14/01/2018 - Reportagem de Priscilla Sales

Projeto muda acessos ao Leporace e São Sebastião

Foto de: William Borges/Comércio da Franca

Pontilhão do Leporace: Prefeitura quer retirar os semáforos e fazer os retornos pela rodovia

A forma como hoje são feitos os acessos da rodovia Cândido Portinari aos bairros Leporace e Vila São Sebastião pode mudar completamente se o governo do Estado aprovar o projeto elaborado pela Prefeitura de Franca entregue à Artesp (Agência Reguladora do Transporte do Estado de São Paulo).

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

4 COMENTÁRIOS

eelias

15 de Janeiro 2018

Franca precisa acordar e colocar semáforos com temporizadores, vai em Araraquara que é a metade de Franca e só tem semáforo com temporizadores , isso ajuda muito o motoristas e reduz o acidente no chamado passar no amarelo . Acorda Politicos de Franca vamos melhorar o transito.

Gostei

Alexandre

14 de Janeiro 2018

Outra coisa urgente a se resolver é a saída do distrito industrial e a rotatória do Champagnat.

Gostei

Glauco Chaves

14 de Janeiro 2018

Quem é o autor deste projeto com certeza não utiliza e muito menos efetuou este trajeto por várias vezes, no Leporace por exemplo , o problema não está no acesso mas sim na avenida Abraão Brickmamn, para aumentar a capilaridade no trânsito desta via, deveriam aumentar o recuo no canteiro central , criando assim 03 vias de deixando as 02 principais vias centrais. Antes de pedir ajuda ao governo estadual temos que colocar os engenheiros realmente para trabalhar, é não transferir o problema municipal para o estado, assinando com isso a falta de despreparo com a administração municipal.

Gostei - (1 pessoa gostou)

Jose carlos da costa

14 de Janeiro 2018

Parabens, até que enfim alguém esta usando a cabeça para pensar, moro no jardim Palmeiras há onze anos vim de São Paulo, e essas alças de acesso contraria todos os principios para melhorar o transito na cidade principalmente aquela entrada para jardim Derminio após aponte da Vila Tião, o acesso para Vila Tião vindo de Ribeirão cruzando a Francisco Marques, só mesmo aqui em Franca, infelizmente o Buraneli morreu sem se formar, pois nos 10 anos que o conheci ele vivia estudando as mudanças e nunca se formou coitado. Antes das obras poderiam fazer 2 experiências: fechar a ilha de acesso ao Jd. Derminio fazendo com que o retorno seja feito na primeira a esquerda, há uma rua paralela a padaria que poderia ser utilizada, tem que haver inversão de mão na região. Fechar a ilha do posto Franca Araxa, quem vem de Ribeirão e for para a Vila Tião, entrar a direita na Francisco Marques e retornar na rotátória da São Judas, é um teste, não custa nada a tentar paramelhorar o transito na região.

Gostei
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.