11/02/2018 - Reportagem de Priscilla Sales

Francano repete feito de Neymar e assina com a Nike

Foto de: Comércio da Franca

Com apenas 10 anos, Estevão Willian mostra total domínio da bola:

Em 2015, Estevão Willian deixou Franca para se mudar para Belo Horizonte (MG) atrás do sonho de se tornar jogador profissional de futebol. Mas nem imaginava que apenas dois anos depois conseguiria bater Neymar e Rodrygo e se tornar o atleta mais jovem a fechar um contrato de patrocínio com a Nike.
 
Hoje aos 10 anos, o garoto é considerado a grande promessa do Cruzeiro, onde atua nas categorias de base sub 11 e sub 13 e vem chamando a atenção de outros clubes como Flamengo, Palmeiras e Santos. “Estamos em negociação com o Cruzeiro para a elaboração de um plano de carreira para o Estevão, mas já recebemos propostas de quase todos os grandes clubes interessados em ter meu filho”, conta Ivo Gonçalves, pai do jogador e responsável por seus contratos.
 
O contrato fechado com a Nike por seis anos garante ao menino todo material esportivo. Passando o Carnaval na casa de sua avó no Parque Progresso em Franca, Estevão recebeu a reportagem todo uniformizado por produtos da marca. “Eu adoro. Estou muito feliz”, disse ele que, claro, trouxe uma bola de futebol pra se distrair.
 
Os valores não são revelados por conta de uma clausula de sigilo do contrato, mas Ivo garante que o contrato é muito bom. “Além de todo material esportivo, o contrato ainda prevê premiações e outras formas de remuneração para o Estevão. Nos próximos seis anos, conforme ele for se destacando, poderá receber os benefícios”.
 
Estevão nasceu em Franca e foi aqui que começou a jogar  futebol. “Eu fui goleiro, cheguei a atuar na Francana como goleiro, depois acabei desistindo e fui dar aulas de futebol em uma escolinha para meninos. Foi lá que o Estevão começou”, contou o pai.
 
Aos três anos, Estevão já mostrava intimidade com a bola. “Ele Nasceu com talento”. Em 2015, durante um jogo o garoto chamou a atenção de um empresário mineiro que pediu ao pai do menino que gravasse um DVD para levar ao Cruzeiro. As imagens encantaram os diretores do clube que pediram para que Estevão fosse a Belo Horizonte. “Fomos e não voltamos. Eles ficaram impressionados com o Estevão”.
 
A família deixou Franca para se mudar para Minas. Em Belo Horizonte, Estevão logo se destacou. O menino joga como meia esquerda, é canhoto mas chuta com os dois pés e tem agilidade dos grandes craques. Características que acabaram levando Estevão a jogar também em uma categoria acima da sua.
 
Foi viajando com a equipe da raposa pelo Brasil que sua atuação ganhou repercussão. No final do ano passado, um empresário da Nike procurou Ivo Gonçalves interessado em patrocinar Estevão. “Foi uma surpresa. Sempre acreditei no meu filho mas não esperava que o reconhecimento do seu talento viesse tão cedo”.
 
Como a legislação brasileira só permite a profissionalização aos 14 anos, Estevão ainda não tem um contrato com o Cruzeiro. “Eles oferecem uma ajuda de custo, mas não temos um contrato fechado ainda. Estamos negociando”, disse Gonçalves.
 
Alheio às negociações comerciais sobre seu futuro, Estevão só quer saber de jogar. “Quero ser um grande jogador e poder ajudar o Brasil e as pessoas”, disse. 

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

1 COMENTÁRIO

Paulo Sérgio Canfore

12 de Fevereiro 2018

Parabéns garoto. Meu filho também é jogador e tem um canal com muitos gols. Augusto Canfore é o nome dele. Digita la pra ver os gols.

Gostei
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.