03/03/2018

Fraude no banco

Os bancos são sempre alvo de polêmicas quando o assunto é abuso em relação aos direitos dos consumidores/correntistas. A impunidade infelizmente impera neste setor. São abusos e mais abusos os quais o consumidor ocupa sempre a posição de vítima e, de vez em quando, vemos um alento, uma luz no final do túnel. É o que se percebe de recente decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal que certamente abrirá um precedente importantíssimo na luta das entidades consumeristas para que os bancos passem a respeitar o consumidor.  A juíza titular do 4º Juizado Especial Cível de Brasília condenou o Banco do Brasil a pagar R$ 6.503,00 aos autores, a título de danos materiais. O processo revelou que, em outubro de 2016, a cliente, ao pagar boleto em caixa eletrônico da agência do réu situada no Brasília Shopping, foi auxiliada por suposto funcionário que ali também ajudava outras pessoas. Porém, no fim do mesmo dia, foi surpreendida com a informação de que haviam sido efetuadas compras em sua conta corrente no valor de R$ 6.503,00, por meio de fraude.
Veja mais

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

0 COMENTÁRIO
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.