14/03/2018

'Petrolinho' rende nova condenação a ex-prefeito

O ex-prefeito de Miguelópolis Juliano Mendonça Jorge sofreu nova condenação da Justiça por conta de seu envolvimento na Operação Cartas em Branco, deflagrada pelo Gaeco de Franca. Em sentença publicada segunda-feira, ele pegou 18 anos e oito meses de reclusão em regime fechado, acusado de ter implantado uma espécie de “Petrolinho caipira”, em que distribuía a vereadores combustível, pago com recursos públicos, para obter apoio na Câmara. Foi a terceira condenação do político em quatro meses. Juntas, as penas somam 52 anos.

Dúvidas, sugestões, reclamações?

Whatsapp GCN

16.99122-0761

0 COMENTÁRIO
COMENTE
A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.