Morre a centenria Madalena Jos Dias

A francana teve sua festa de 100 anos no último dia 5 com toda a família presente.
 
Madalena José Dias nasceu em 1917, na fazenda Córrego da Onça, zona rural de Franca, durante a vida sempre trabalhou muito em diversas áreas como cozinheira, churrasqueira, lavadeira, diarista e nas horas vagas praticava um dom que "herdou" da mãe que era os ensinamentos de benzedeira.
 
Madalena chegou a cidade de Franca 1950, acompanhada do marido Antônio Dias Fernandes e dos filhos Fábio Dias, Maria Domingas, Antônio Tobias Neto (os três já falecidos) e Iris Dias Fernandes. Desde que se mudou para Franca sempre morou no bairro Cidade Nova, mas por causa dos problemas para se locomover se mudou para o Parque São Jorge com o único filho vivo Iris Fernandes e a nora Ana Lúcia.
 
Madalena era conhecida por ser sempre uma pessoa feliz e com vontade de viver, seus programas preferidos eram assistir a novelas e missas do padre Robson, na Rede Vida. "Minha madrinha foi uma pessoa maravilhosa. Muito trabalhadora e caridosa. Ela foi responsável por alegrar a nossa vida por muitos anos e conseguiu comemorar os seus 100 anos com muita alegria com sua família e amigos. Foi um dia maravilhoso e de muita emoção. Além dos seus filhos biológicos, ela teve filhos de coração e passou a vida fazendo o bem. Sentimos sua partida, mas temos a certeza que ela está agora em um bom lugar olhando por nós', disse Gilberto Veríssimo Castro, 78, afilhado de Madalena.
 
Madalena José Dias foi sepultada na manhã da última terça-feira (21), aos cuidados da Funerária Nova Franca no Cemitério Santo Agostinho. 
 
COMENTÁRIO
COMENTE
A responsabilidade pelos comentrios exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usurios desse canal encontram-se sujeitos s condies de uso do portal de internet do GCN Comunicao e se comprometem a respeitar o

Código de Conduta On-line do GCN.

Li e concordo com o código de conduta online.
Veja obituários por data:

Selecione as datas

Data inicial
Data final