12 de abril de 2021

Nossas Letras

Quem sabe o poeta

Baltazar Gonçalves fala sobre o custo de poetar escolhendo palavras para traduzir sentimentos- ao longo de um tempo que parece amorfo e diante de uma imperiosa necessidade de perfeição difícil de alcançar.

Nossas Letras 30/01/2021
Baltazar Gonçalves
Especial para o GCN
Quem sabe o poeta mente

quando se desdobra na dor

do leitor que pensávamos ausente;

quem sabe demonstre no olhar distante

o centro do centro vazio do ser gente.

Quem sabe quando escreve se desfaz

no nonsense erguer-se novamente

para levantar-se pronto

na mesma extravagância autêntico.

o poeta cobra de si a perfeita obra,

em dobro sofre o padecer insólito

e sozinho sucumbe nesse ato inglório.



COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal GCN e se comprometem a respeitar o Código de Conduta On-line do GCN.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Marco Vieira
    31/01/2021
    Muito, muito bom!
Veja mais Textos

MAIS LIDAS

COLUNISTAS

ECONOMIA Atualizado 1 hora atrás

  • Dólar Comercial:
    Data:
  • Dólar Turismo:
    Data:
  • Euro:
    Data:

LOTERIAS Atualizado 1 hora atrás

  • Mega-Sena:
    Sorteio: , , , , , Data: 30/11/-0001
  • Quina:
    Sorteio: , , , , Data: 30/11/-0001