17 de outubro de 2019
Quinta-Feira, 17 de outubro
Campeã do último BBB tem processo por intolerância religiosa arquivado
Paula von Sperling

 A vencedora do BBB19, Paula von Sperling, 28, teve o processo contra intolerância religiosa arquivado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ). A mineira de Lagoa Santa, que foi indiciada por conta de comentários feitos a respeito de Rodrigo França, 41, enquanto estava no confinamento, comemorou a decisão.

 "Eu nunca havia me pronunciado acerca de tal assunto por aqui, mas hoje, para encerrar de vez este ciclo de muito aprendizado, venho contar a vocês que o único inquérito instaurado referente a minha participação no programa foi arquivado", postou no stories de seu Instagram na última quarta-feira (16).

A loira comentou ainda que muitos haters perseguiram a família dela por conta disso e destacou que nunca teve a intenção de ofender religião alguma ou qualquer integrante do reality show. Ela aproveitou também para esclarecer que, ao contrário do que foi dito por alguns, nunca foi processada por injúria racial. "Confesso ter aprendido muito, inclusive durante o programa, sobre os costumes sociais e sua forma de colocação perpetuados e inadequados a evolução da nossa sociedade", escreveu.

Durante sua passagem pelo BBB, enquanto conversava com os colegas Hariany, 22, e Diego, 30, Paula afirmou ter medo de França por ele ter contato com esse "negócio de Oxum", em alusão à religião do colega. A bacharel em Direito ainda completou o comentário dizendo: "nosso Deus é mais forte".
 

Quinta-Feira, 17 de outubro
Maurício Sherman, ex-diretor da Globo, morre aos 88 anos
Maurício Sherman

Maurício Sherman, ex-diretor da Globo e um dos criadores de Fantástico, morreu na manhã desta quinta (17), aos 88 anos, em sua casa no Rio de Janeiro. A causa da morte não foi divulgada.

Antes da emissora, em 1949, ele passou pela Rádio Guanabara, a convite do ator Paulo Renato, diretor da emissora, onde trabalhou ao lado de Chico Anysio, Fernanda Montenegro, Fernando Torres e Elizeth Cardoso.

Ele também atuou em palcos e na televisão. Em 1951, participou da peça "Massacre", de Emmanoel Roblès, da Companhia de Graça Mello. Após três anos, já na TV Tupi do Rio, ainda atuou no "Sítio do Picapau Amarelo".

Sherman começou a trabalhar na Globo em 1965, na direção de "Espetáculo Tonelux", programa musical apresentado por Marília Pêra, Gracindo Jr., Riva Blanche e Paulo Araújo.

Sempre nos bastidores, ainda passou por programas como "Zorra Total" e "Faça Humor, Não Faça Guerra". Shermann participou da equipe de criação do Fantástico, em 1973, e foi um dos diretores do programa por três anos.

Em 1983, começou a dirigir a programação da recém-inaugurada TV Manchete, onde descobriu e lançou as carreiras das apresentadoras Xuxa e Angélica nos programas infantis.

Após cinco anos, em 1988, o diretor voltou à emissora carioca como diretor-executivo da Central Globo de Produção. Nos anos seguintes ele ainda foi diretor de "Domingão do Faustão", supervisor do "Video Show" e esteve à frente de "Os Trapalhões". Shermann se aposentou em 2017.

"Suas várias passagens pela TV Globo foram contribuições inestimáveis graças ao seu talento e à dedicação com que executava cada trabalho", disse a emissora em um comunicado.

Artistas lamentaram a morte do diretor. "Poxa, Maurício, além de um tremendo pioneiro, era uma dulcíssima pessoa", escreveu o músico Lobão em seu Twitter. O humorista Paulinho Serra também se manifestou: "Lá se foi Maurício Sherman. Descanse em paz, não trabalhei com ele mas sempre tive muito respeito".

Sherman nasceu no dia 21 de janeiro de 1931, em Niterói, filho de um casal de judeus poloneses. Ele deixa um filho, Alexandre Shermann.


 

Quinta-Feira, 17 de outubro
Mara Maravilha diz ter beijado Edson Celulari e que nutria paixão por Gugu Liberato
Mara Maravilha

Mara Maravilha, 51, foi uma das entrevistadas do programa Sensacional (RedeTV!), comandado por Daniela Albuquerque, 37, dessa quarta-feira (16). Enquanto falava sobre seu namoro com o ex-menudo Roy Rossello, 48, revelou ter vivido um affair com o ator Edson Celulari, 61, no início da década de 90.

O assunto veio à tona quando Albuquerque perguntou se o beijo do músico da banda teen era bom. "O Edson Celulari beijava melhor, mas foi só beijo", respondeu Mara, que revelou ainda ter sido apaixonada por Gugu Liberato, 60, mas diz nunca ter ficado com ele porque o apresentador não quis.

A apresentadora do Fofocalizando (SBT), disse também que gostaria de conhecer pessoalmente Anitta, 26, e que se considera parecida com a cantora. "Nem todo repertório eu gosto, nem toda performance eu gosto, mas é incontestável que ela é uma cantora. Canta muito bem". Além disso, Mara se comparou a artista ao falar do sucesso que fazia nos anos 80. "Quando tinha a idade dela, eu era a Anitta, né"?

Mara começou a carreira artística aos oito anos participando de concursos. Em 1987, foi alçada à fama a frente do programa Show Infantil, no SBT, sendo uma das grandes apresentadoras infantis dos anos 80 e 90 ao lado de Xuxa, 56, Angélica, 45, e Eliana, 45.
 

Quinta-Feira, 17 de outubro
Filho de Marília Gabriela elogia atitude de Gianecchini e deseja felicidade
Reynaldo Gianecchini e Theodoro Cochrane

Reynaldo Gianecchini recentemente se abriu quanto a sua sexualidade, e revelou que já teve relações com homens. Depois disso, o assunto passou a rodar pelas redes sociais e boatos indicando que o ator teve um caso com Theodoro Cochrane, filho de Marília Gabriela, também começaram a surgir, mas o mesmo já desmentiu. A jornalista esteve casada com Gianecchini entre o fim dos anos 1990 e início dos anos 2000.

Agora, Theodoro voltou a falar sobre o assunto, mas dessa vez para elogiar a atitude do artista.

Em entrevista ao TV Fama na noite da última quarta-feira, dia 16 Theodoro diz aprovar a revelação: - Ouvi falar muito. Vi no Instagram dele por cima o que ele falou, não tive a oportunidade de ler a matéria inteira. Achei que foi tudo colocado de uma maneira educada, era um momento que ele queria falar sobre esse aspecto da vida dele, iniciou.

O ator também se mostrou esperançoso ao falar sobre a evolução e respeito em torno do assunto: - Que bom que estamos num momento por um lado extremamente careta e ao mesmo tempo evoluindo em outro, caminhando para a aceitação de uma sexualidade mais fluída. Quando você pensou ver um galã de uma novela das nove assumindo ser uma pessoa plural sexualmente.

E finaliza, desejando apenas o bem para o ex-padrasto: - Que seja bem-vindo, todo mundo tem mais é que ser feliz, queira sair ou não do armário, falar ou não de sua sexualidade. As pessoas merecem ser feliz.

Quarta-Feira, 16 de outubro
Claudia Rodrigues é internada às pressas e entra em processo de degeneração
Claudia Rodrigues

Claudia Rodrigues voltou a ser internada em um hospital de São Paulo, após ter novamente um problema de saúde. Após passar mal no último domingo, dia 13, ela recebeu ajuda médica às pressas. Segundo informações do Extra, a empresária da humorista, Adriane Bonato, confirmou a informação e ainda disse que Claudia entrou em um processo de degeneração:

- A massa cefálica teve uma diminuição considerável. Eu não consigo acreditar nisso ainda. Ela não merece. Hoje fiz uma proposta para Deus e espero que ele aceite. Pois nossa rainha tem que voltar a fazer o Brasil rir de novo, disse. 

No momento, Claudia passa por uma série de exames e deve realizar uma cirurgia nos Estados Unidos. Por enquanto, não há previsão para que ela receba alta. 

Diagnosticada com esclerose múltipla desde 2000, a atriz vez ou outra é internada para tratar a doença e consequências dela.

Há pouco tempo, ela havia feito um retorno aos palcos, após seis anos afastada, e foi aclamada por amigos e fãs.

Quarta-Feira, 16 de outubro
'A grana eu já conquistei, agora é pela arte', diz Djonga, que interpreta Madame Satã
Rapper mineiro Djonga

O rapper mineiro Djonga participou das sessões da peça "Madame Satã" no teatro Jaraguá, em São Paulo, no início de setembro. É possível que boa parte do público tenha ido apenas para vê-lo.

Enquanto os espectadores entravam no teatro, os personagens ficavam espalhados pelas cadeiras da plateia até que todos se posicionassem. Ao ver Djonga sentado na última fileira, um fã anunciou que sentaria ao seu lado e foi vetado pelo rapper, que se levantou em seguida. No fim da peça, vários gritos de "Gustavo", primeiro nome do artista, podiam ser ouvidos por entre os aplausos.

"É muito complexo, porque as pessoas sempre vão me olhar como o Djonga e eu também sempre vou me sentir assim, mas é preciso trabalhar essa disciplina", diz o artista sobre o trabalho no teatro. "Mas Djonga também é um personagem, assim como o meu Madame Satã."

Nos últimos três anos da carreira de Gustavo, é possível acompanhar o arco de construção do personagem Djonga por meio dos álbuns "Heresia" (2017), "O Menino que Queria Ser Deus" (2018) e "Ladrão" (2019). Se no primeiro disco ele bradava sobre as dificuldades que vivia na capital mineira, sua cidade natal, e da luta para conquistar algum espaço na cena de rap nacional, no segundo, um Djonga já um tanto mais maduro relatava o sufoco com a recém-adquirida fama.

Em "Ladrão", o rapper fechou a trilogia com a reflexão de que o melhor a se fazer com a fama e o dinheiro é levá-los de volta à sua origem, uma espécie de Robbin Hood belo-horizontino. Não à toa, os três álbuns são recheados de participações da terra natal de Djonga que decolaram por si próprias nos anos seguintes: FBC, Sidoka, Hot, MC Kaio, Chris MC.

"Sinto que eu fiz meu melhor [nesses discos], mas que ainda tenho muito mais pra caminhar. Tanto de discurso, quanto de estética, quanto de número", fala. "A grana eu já conquistei. Agora é pela arte."

No último ano de seu ensino médio, em 2011, Gustavo Pereira Marques roteirizou e dirigiu uma peça como parte de uma feira cultural da escola. Esse tinha sido seu primeiro e último contato com o teatro até abril de 2019 quando, num encontro com a atriz e diretora Bia Nogueira, Gustavo pediu para participar da peça que da remontagem de "Madame Satã". Lá pelos idos de 2011, ele não pensava em ser rapper. "[Mas] eu sempre soube que seria artista de alguma forma. E arte é tudo: pintar, estar nos palcos, na televisão, no cinema, na música."

Após o ensino médio, Djonga passou a frequentar saraus, até se interessar o bastante por poesia para compor sua primeira música, "Corpo Fechado". Em 2016, formou o grupo DV Tribo com os rappers FBC, Clara Lima, Oreia e o produtor Coyote Beats. Depois que deixou o grupo, se concentrou em seu trabalho solo e alçou voo com a ajuda de um freestyle para a marca Pianeapple Supply (autora também da série de grande sucesso "Poesia Acústica"), "Olho de Tigre".

Um ponto comum em todos os trabalhos de Djonga é a preocupação com temas sociais que vão além da política institucional. Brados contra a homofobia e o machismo já apareceram diversas vezes nas letras do rapper. No sábado (31), durante apresentação no Festival Sarará, Djonga falou que era preciso impedir a reeleição do presidente Jair Bolsonaro e chamou dois índios pataxó ao palco para falar sobre as queimadas na Amazônia.

"Só estou tentando dar voz pras coisas que eu acredito. Muitas vezes, as pessoas estão mais preocupadas com a narrativa em torno das coisas do que com os fatos e em como resolvê-los. E o que eu tento fazer é ser bem direto na minha ideia, falar de uma forma que a galera entenda", diz o rapper.

A trajetória rendeu a Djonga um lugar no pódio das poucas grandes figuras do rap nacional a surgir fora do eixo Rio-São Paulo e a colaborar dentro e fora dos palcos com nomes como Mano Brown e Emicida.

Mesmo sendo um fã, para ele não há nada surpreendente sobre o lugar onde chegou em seu curto tempo de carreira. "Eu trabalhei demais pra estar nesse patamar. Não tem surpresa, é só felicidade. Surpresa é pra quem não se sente digno. Eu me sinto digno."

 

Quarta-Feira, 16 de outubro
MasterChef: A Revanche começa com a eliminação de 10 participantes
As eliminações foram decididas em duelos

 O MasterChef: A Revanche estreou na noite desta terça-feira (16) com a eliminação de 10 participantes. Os outros 10 seguem na disputa pelo prêmio de R$ 250 mil.

As eliminações foram decididas em duelos, que foram disputados entre: Ana Luiza Teixeira e Vanessa Vagnotti; Katleen Lacerda e Cecília Padilha; Sabrina Kanai e Iranete Santana; Haila Santuá e Fernando Cavinato; Fábio Nunes e Mirian Cobre ; Raquel Novais e Helton Oliveira; Vitor Bourguignon e Aristeu Guimarães ; Bianca Bertolaccini e Fernando Kawasaki; Estefano Zaquini e Juliana Nicoli; e Valter Herzmann contra Thiago Gatto.

Os vencedores foram Vanessa, Katleen, Sabrina, Fernando C., Fábio, Helton, Vitor, Fernando K., Estefano e Thiago.

Os confrontos de mata-mata continuam nos próximos nove episódios da temporada. Nesta edição, foram chamados participantes de todas as outras seis temporadas do reality dedicada aos cozinheiros amadores.

"A diferença nesse novo formato é que não dá mais para eles apresentarem um desempenho mediano na cozinha. Antes, quem era mediano se mantinha até o fim, já que nem eram os melhores e ficavam visados nem os piores correndo risco de sair. Agora, não cozinhou, sai, porque será disputa direta pela vaga", afirmou a apresentadora, Ana Paula Padrão.

"Eu fui a que chorei menos nessa edição, mas foi muito emocionante. Nesses duelos tem muita emoção em provas longas. Então além de serem pessoas que já sabem onde estão pisando, chegam e encaram desafios bonitos", disse Paola Carosella.

 

Saiba quem foi eliminado

Ana Luiza Teixeira

Cecília Padilha

Iranete Santana

Haila Santuá

Mirian Cobre

Raquel Novais

Aristeu Guimarães

Bianca Bertolaccini

Juliana Nicoli

Valter Herzmann

 

Quarta-Feira, 16 de outubro
Bifão vence prova e vira fazendeira; Tati e Diego estão na roça
Bifão marcou 730 pontos e conquistou o chapéu de fazendeira

Bifão venceu a prova do fazendeiro na noite desta terça-feira (15) em A Fazenda 11 e conseguiu se salvar da roça. Com isso, Tati Dias e Diego Grossi disputam agora a preferência do público para ver quem continua no reality. A eliminação será nesta quinta-feira (17).

A prova do fazendeiro funcionava da seguinte forme. Primeiro, cada peão jogava uma bola em um fliperama gigante para saber quantos pontos a rodada valeria para ele. Na sequência, Marcos Mion fazia uma pergunta de conhecimentos gerais em que eles respondiam as alternativas A, B ou C (sem ver as respostas dos outros).

Se acertassem a resposta os pontos conquistados no fliperama eram contabilizados. Caso contrário, não. O vencedor era quem fizesse o maior número de pontos depois de 10 rodadas.

Bifão marcou 730 pontos e conquistou o chapéu de fazendeira. Foi a segunda vez que ela virou fazendeira no programa. Em segundo lugar, ficou Tati Dias com 410 pontos. Diego ficou em último com 270 pontos.

FORMAÇÃO DA ROÇA

A primeira indicada para a berlinda, na noite de segunda-feira (14), foi Tati Dias, escolhida por Viny Vieira, fazendeiro da semana. Na sequência, em uma estratégia da equipe Lua, Bifão foi indicada pelos peões, com sete votos contra quatro para Diego.

Diego foi indicado por Andréa Nóbrega, que teve a chance de decidir quem iria para roça ao ganhar o poder da chama vermelha de Jorge. Ela e o peão tiveram alguns desentendimentos na semana passada.
 

Quarta-Feira, 16 de outubro
Cleo recupera perfil hackeado e pede a fãs que clicaram para trocar senha
Cleo Pires participou do 'Se Joga' na Globo

Cleo, 37, anunciou no início da tarde desta quarta-feira (16) a recuperação de sua conta no Instagram após ela ter sido hackeada. A cantora e atriz afirmou que cerca de 600 mil pessoas chegaram a clicar no post falso e pediu que todos troquem suas senhas por segurança. "Até meu pai clicou sem saber", disse no programa Se Joga (Globo).

Segundo Cleo, seu perfil foi invadido por volta das 4h30 desta quarta, quando os hackers colocaram em sua conta um post anunciando uma doação de celular. A mesma mensagem já tinha aparecido na conta da atriz Marina Ruy Barbosa, 24, em julho, que também foi hackeada na ocasião.

Cleo, que tem 11,6 milhões de seguidores, afirmou que ficou preocupada com a segurança de seus fãs ao perceber o que estava acontecendo. Em menos de 8 horas, no entanto, o Instagram já havia resolvido. A atriz afirmou que procurou a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, mas foi orientada a procurar uma delegacia normal.

Desde o início do mês, a atriz tem o Instagram como uma de suas ferramentas de trabalho por conta do projeto "Cleo on Demand", em que ela produz conteúdos de temática social, artística e cultural para seu IGTV (ferramenta de vídeo da rede social). O primeiro conteúdo é a série "Onde Está Mariana?", com Valesca Popozuda.

Terca-Feira, 15 de outubro
Após Globo, Mariana Ferrão estreia canal no YouTube para ser 'pausa no meio do estresse'
Mariana Ferrão

Há quase sete meses afastada da Globo, Mariana Ferrão estreia um canal próprio no YouTube para falar sobre saúde mental e emocional.

A temática não é novidade para os seguidores da apresentadora nas redes sociais, já que a ela costuma falar sobre o assunto com textos, imagens e vídeos, especialmente em seu Instagram.

O canal surge, segundo a jornalista, com o intuito de abrir espaço para um bate-papo com histórias inspiradoras e que falam sobre superação.

"A missão é ser uma pausa no meio de tanta correria, tanto estresse. Que a gente tenha um momento para si mesmo", diz Ferrão. "A gente coloca todo mundo na nossa agenda, mas qual foi a última vez que marcamos um compromisso para nós mesmos".

Grata por seu passado na Globo para a construção sua personalidade, ela busca desconstruir uma imagem de "loira, apresentadora e que trabalha na Globo".

"Eu tinha muito medo de ficar na frente da notícia. Isso mudou quando eu me tornei mãe, percebi que o que fazia sentido para mim também poderia fazer sentido para outras pessoas", conta. "Estou aprendendo com esse lance de empreender. Antes tinha chefes, agora tenho uma equipe".

Os vídeos vão ao ar nas terças e sextas às 11h, com quadros que, segundo a própria apresentadora, podem variar de acordo com a recepção do público. O tema dos vídeos é presente há anos em sua vida, uma vez que ela começou a meditar "por acaso" aos 12 anos, quando recebeu um livro sobre o assunto, chamado "Visualização Criativa". "É minha pílula de conexão com minha própria essência", diz a apresentadora.

O canal faz parte do projeto Figuras Públicas do YouTube, que busca novos olhares sobre pessoas conhecidas publicamente, tratando de conteúdos inovadores.

"Existe um interesse e demanda sobre essa figura pública no YouTube", diz João branco, gerente de parcerias estratégicas do YouTube.

Além do canal, Ferrão lança nesta terça também a plataforma online da Soul.Me, que oferece vídeos diários gratuitos focados em saúde mental e emocional, além de cursos todo mês online e com exercícios, meditações guiadas e podcasts por uma assinatura mensal de R$ 19,80.

Ela, que já passou por uma depressão, precisando tomar remédios até para dormir, diz que encarou a responsabilidade por sua saúde e agora quer contar novas histórias sobre isso. "A Soul.me também nasce com a missão de gerar pertencimento", conta. "[Após a depressão]A saúde para mim também virou uma obsessão".

Em março deste ano, Ferrão revelou que estava saindo da TV Globo, deixando o programa Bem Estar, atração que apresentava desde a estreia, em 2011.

"É verdade, eu deixei a TV Globo. Estava aqui pensando sobre quando falar com vocês sobre isso, sobre como dar a notícia... O que eu vou falar agora vem do coração: eu aprendi muito nesses onze anos de TV Globo, eu sou muito grata, muito grata! Por tudo que eu aprendi, cresci, ganhei e, especialmente, pelos relacionamentos e aprendizados todos", disse em vídeo publicado nas redes sociais, na época.

Com contrato vencido na emissora, a apresentadora optou pela não-renovação para se dedicar aos projetos pessoais.

"A sensação é de liberdade, de ser eu mesma, de estar fortalecida para ser aquilo que eu sou", afirmou.


 

Terca-Feira, 15 de outubro
Tati Dias, Bifão e Diego são indicados para a roça em A Fazenda
Bifão, Diego e Tati

Tati Dias, Bifão e Diego foram indicados na noite desta segunda-feira (14) para a roça em A Fazenda 11. Um deles ainda pode se salvar da berlinda ao ganhar a prova do fazendeiro, que será disputada na terça-feira (15).

A formação da roça começou com Jorge, que ganhou a prova de fogo no fim de semana e escolheu o poder da chama verde, que lhe garantiu imunidade. Além disso, o voto dele valia por dois. Já o poder da chama vermelha foi dado por ele para Andréa Nóbrega, mas só foi revelado no fim da noite.

A primeira indicada para a berlinda foi Tati Dias, escolhida por Viny Vieira, fazendeiro da semana. Na sequência, em uma estratégia da equipe Lua, Bifão foi indicada pelos peões, com sete votos contra quatro para Diego. Argumentando que o seu voto não faria diferença na escolha, Jorge votou em Hariany.

Nesse momento, foi revelado o poder da chama vermelha: indicar alguém para roça da sede (e não da baia). Andréa, que ganhou o poder de Jorge, escolheu indicar Diego, com quem teve alguns desentendimentos na semana passada.

Como foi a votação da casa

Viny votou na Tati

Tati votou na Bifão

Guilherme votou no Diego

Rodrigo Phavanello votou na Bifão

Lucas votou na Bifão

Bifão votou no Diego

Diego votou na Bifão

Netto votou no Diego

Hariany votou na Bifão

Andréa Nóbrega votou no Diego

Sabrina votou na Bifão

Jorge votou na Hariany (valia por dois)

Thayse votou na Bifão


  

Terca-Feira, 15 de outubro
Maluma é chamado de gay por aparecer de pernas cruzadas em foto
Maluma

Desde o último domingo (13) que o cantor colombiano Maluma, 25, vira alvo de uma polêmica. Por publicar uma imagem na qual aparece com as pernas cruzadas em uma poltrona, tem sido chamado de gay e recebido comentários homofóbicos.

Seguidores de Maluma encheram a página do artista de comentários preconceituosos. Um deles compara o colombiano ao cantor Ricky Martin, este homossexual assumido. Um outro comentário de um brasileiro diz: "Depois os veadinhos reclamam de homofobia".

Até parte da imprensa estrangeira comentou de forma discriminatória a foto. O site de notícias venezuelano Notícias24 divulgou a foto do cantor com as pernas cruzadas e perguntava se ele teria "saído do armário".

Maluma gravou em 2016 um clipe com Anitta, da a música "Sim ou Não". No vídeo, ambos chegam a protagonizar cenas quentes juntos. Um possível romance foi especulado na época, mas nunca confirmado.

Segunda-Feira, 14 de outubro
Thiaguinho e Fernanda Souza se separam após 8 anos
Ambos eram um casal há oito anos e meio e casados desde 2015.

O cantor Thiaguinho, 36, e a atriz Fernanda Souza, 35, não estão mais juntos. Ambos eram um casal há oito anos e meio e casados desde 2015. O motivo: a relação de amor se transformou em amizade.

Em publicações em conjunto em suas redes sociais, ambos explicaram mais sobre a decisão. "O motivo da decisão é que percebemos que nossa relação se transformou numa linda amizade. No nosso caso, foi um processo natural, com muita maturidade e amor", disseram.

Em outro momento, explicam que um sempre será importante na vida do outro. "Somos seres humanos, com nossos corações tristes, porém confiantes que nossa amizade e amor nos guiarão como tem feito diariamente. Todo o contrário não será mera especulação. Nosso casamento termina em paz. Não estranhem se nos encontrarem um na companhia do outro daqui para frente."

Em, 2013, Fernanda Souza já previa que teria um filho com o cantor em 2018, cinco anos depois de terem tomado a decisão. Em 2018, ela anunciou que tiraria um ano sabático em 2019. Foi especulado que ela usaria esse tempo para engravidar. O sonho de ser mãe também foi postergado por conta da carreira como apresentadora que demanda muito tempo de Fernanda.

Segunda-Feira, 14 de outubro
Ex-cantora de k-pop, Sulli é encontrada morta aos 25 anos
A causa da morte está sendo investigada.

Sulli, conhecida por ter cantado no grupo de k-pop f(x), foi encontrada morta aos 25 anos de idade. Segundo a rede britânica BBC, que ouviu à polícia, a cantora foi encontrada por seu empresário em sua casa, perto da cidade de Seul, na Coreia do Sul.

A causa da morte está sendo investigada, e policiais estão trabalhando com a teoria de que ela pode ter tirado a própria vida.

Sulli, cujo nome verdadeiro é Choi Jin-ri, fez parte da banda f(x) de 2009 até 2015, quando saiu para focar na carreira de atriz, segundo ela mesma declarou. Com mais de 6 milhões de fãs no Instagram, ela era próxima do cantor Jonghyun, que cometeu suicídio em 2017, aos 27 anos.

Segundo a BBC, alguns fãs acreditam que Sulli deixou a banda por conta dos ataques que sofria online. Em setembro, Sulli chegou a deixar parte de seus seios à mostra acidentalmente durante uma transmissão ao vivo no Instagram, o que resultou em críticas e ameaças via redes sociais.

"Ela foi um dos ídolos que decidiu viver sua vida da maneira que ela queria, e que nem sempre se encaixava bem com o público em geral", disse a jornalista Taylor Glasby no programa Newsbeat da rádio da BBC, após a notícia da morte. "Para os ídolos, tudo é sobre aparência, tudo é muito monitorado, e ela simplesmente não [monitorava seu conteúdo]. Ela era ela mesma."

Segunda-Feira, 14 de outubro
Kevinho exibe carros esportivos e diz que são os seus 'filhos'
Na legenda, o artista chama os veículos de "Meus filhos" e "Meu bebê".

Não é só em suas músicas que Kevinho, 21, gosta de ostentar. O funkeiro usou o Instagram neste domingo (13) para exibir seus dois carros esportivos. 

Na legenda, o artista chama os veículos de "Meus filhos" e "Meu bebê". Trata-se de um Audi vermelho e uma Mercedes branca.

Segundo a Quem, as imagens foram tiradas na propriedade do cantor, que aparece ao fundo. Em vídeos, Kevinho acelera os veículo, demonstrando sua potência.
O funkeiro também é visto com frequência usando um jatinho particular para seus compromissos profissionais. Recentemente, Kevinho declarou que está focado em carreira internacional, principalmente na América Latina, e não descarta se arriscar no reggaeton.

"É um grande sonho meu cantar esse ritmo latino, mas que é urbano como o funk. Já conheço muitos cantores da América Latina, agora a gente vai começar as aulas de espanhol. A agenda está meio corrida, mas vamos dar um jeito. Vou ter que viajar com o professor pra dar certo", afirma ele.

Fim dos Posts

Nenhuma página para carregar

Próxima página