08 de agosto de 2020
Sexta-Feira, 07 de agosto
Caetano Veloso faz 78 anos e se rende às lives

Caetano Veloso se rendeu às lives. O cantor baiano, que resistiu ao formato desde o início apesar de anunciar que não era contra o formato, vai usar o dia de seu aniversário de 78 anos, nesta sexta-feira, 7, para sua primeira investida. O show que terá a companhia de seu filho Tom Veloso será exibido pelo Globoplay a partir das 21h30.

Outro motivo que o faz ressurgir direto de sua quarentena é poder fazer o lançamento de um novo single nas plataformas digitais.

A música Talvez é um impressionante investimento de produção artística em tempos de pandemia. Ela foi feita pelo violonista e compositor Cezar Mendes e Tom Veloso, e teve Mario Adnet na produção, arranjo e violão, Marcos Nimirichter ao piano, Jorge Helder ao contrabaixo, Antonio Neves na bateria, Daniel Carvalho na mixagem e masterização e o maestro Kleber Agustinho da Silva regendo a St Petersburg Studio Orchestra.

Sim, Caetano, ou melhor, Mario Adnet, escreveu os arranjos e a canção ganhou acompanhamento de uma orquestra de cordas com 12 violinistas, 6 violas, quatro violoncelos e dois contrabaixos.

Caetano falou em um texto de divulgação sobre o projeto: "A música é uma coisa essencial em Cezar Mendes. Ele sente as harmonias e acompanha os caminhos possíveis das melodias como respira, como deixa o sangue circular. Tendo ensinado muito a Tom sobre como se exprime isso com os dedos nas cordas do violão revelou no discípulo um talento para por palavras em música semelhante ao dos melhores letristas de sambas-canções dos anos 1940. Tom passou a não só compor música com o mestre como a letrar melodias deste de modo natural. Fiquei feliz de gravar Talvez com meu filho Tom. A elegância do arranjo de Mario Adnet nos deixou relaxados."

Sexta-Feira, 07 de agosto
Andréa Beltrão diz que não recebeu joias de Hebe: 'Era brincadeira'
Andréa Beltrão usou o Instagram na quinta-feira, 6, para desmentir uma notícia sobre as joias de Hebe Camargo. A atriz interpreta a apresentadora do SBT na série Hebe, que está disponível na plataforma de streaming GloboPlay.

Em uma coletiva de imprensa, Andréa relatou que havia ganhado as joias de presente da família de Hebe. "Ganhei todas as joias. A família me deu de presente", disse a atriz.

Segundo Andréa Beltrão, era uma brincadeira. "As joias! Era brincadeira...Acho que preciso me desculpar aqui, porque vários veículos de comunicação sérios acabaram publicando uma notícia falsa que partiu de uma brincadeira que fiz numa entrevista coletiva. Aos jornalistas, minhas sinceras e constrangidas desculpas", escreveu ela na legenda da foto de uma das publicações no Instagram.
Quinta-Feira, 06 de agosto
Padre Fábio de Melo faz reflexão sobre pausa na carreira musical

O padre Fábio de Melo usou seu Instagram para postar uma reflexão sobre a pausa que fez na carreira musical desde o ano passado. "Sou grato a Deus por tudo o que ela [música] me permitiu viver", escreveu na noite de quarta-feira, 5.

"A música me levou. A música me trouxe. Ela me roubou, mas também me devolveu. Hoje, distante da rotina que me envolveu durante 24 anos, posso dizer: sua pausa tem sido tão linda quanto as suas execuções", continuou.

Em julho de 2019, o padre Fábio de Melo anunciou que estava se "aposentando com o trabalho da música" após o fim de uma turnê que duraria até os meses seguintes.

Posteriormente, ele explicou: "Acho que nenhuma decisão é definitiva. Sempre é bom a gente ter o direito de escolher. A estrada se tornou pesada para mim - a música não, a estrada sim. Eu não tenho como fazer a música sem a estrada."

Quinta-Feira, 06 de agosto
Ator de teatro e TV, Gesio Amadeu morre aos 73 anos vítima de covid

O ator Gesio Amadeu morreu na quarta-feira, 5, aos 73 anos, por falência múltipla dos órgãos após ser internado em junho com a covid-19. A informação foi divulgada pela família nas redes sociais. Ele tinha 73 anos.

Amadeu era ator de teatro e televisão, e ficou muito conhecido por seu trabalho em Chiquititas, no SBT, no Sítio do Pica Pau Amarelo na Globo, em filmes e em diversas novelas da própria Globo, da TV Bandeirantes e da TV Tupi. Mais recentemente, ele trabalhava na série infanto-juvenil Bugados, do canal Gloob.

No fim de junho, Mario disse que o pai foi internado para realizar exames pois estava com a pressão alta. A suspeita é que ele contraiu a covid-19 no hospital.

Meu pai está atualmente na UTI, recebendo o melhor tratamento possível, conforme a percepção da nossa família. [...] Seus pulmões foram comprometidos em mais de 50%, mas a boa notícia é que ele está respondendo bem ao tratamento", escreveu Mario Amadeu em seu Facebook no dia 24 de junho.

Segundo ele, seu pai começou a apresentar problemas de pressão alta no mês passado e foi a um hospital em 24 de maio para fazer exames, mas acabou ficando internado por 8 dias na UTI.

Gésio Amadeu teve alta e foi para um quarto, mas apresentou febre e aumentou as suspeitas de covid-19, porém, ainda não havia confirmação. Em 8 de junho, ele resolveu mudar de hospital: "À essa altura, o pulmão do meu pai já estava bem mais comprometido".

Mario, que acompanhou o pai ao longo da situação, também acabou contraindo a covid-19 e passou 14 dias fazendo quarentena em sua casa e se tratando, já estando recuperado.

Na mesma época, um texto viralizou pedindo doações de sangue para o ator, o que motivou uma nota da assessoria do hospital Sancta Maggiore: "Diferente do que foi divulgado, a Prevent Senior não solicitou doações de sangue para o paciente, embora incentive a prática".

Mario Amadeu, filho de Gésio, também falou sobre o tema na ocasião. "Há poucos dias meu pai precisou de uma transfusão de sangue. Nós, como família, pedimos para amigos mais chegados que fizessem doações pois os bancos de sangue necessitam de reposição e, num geral, nessa pandemia, os estoques estão mais baixos".

A carreira de Gesio Amadeu
Gesio Amadeu tem uma extensa carreira artística, no teatro e na TV. Na Tupi, onde ficou até o encerramento das atividades da emissora, fez novelas como Éramos Seis, O Direito de Nascer e Gaivotas. Amadeu atuou em várias novelas da Globo, como na primeira e segunda versão de "Sinhá Moça", "Renascer" e "A Viagem". Também atuou na série infantil "Sítio do Pica Pau Amarelo" e ficou muito conhecido por interpretar o cozinheiro chefe Chico de "Chiquititas", no SBT.

Na emissora, ele fez diversos trabalhos, como o personagem Alaor, na novela Flor do Caribe (2013), que voltará em breve à programação na TV aberta.

Em um encontro no programa da Multishow Vai, Fernandinha, a apresentadora Fernanda Souza reuniu quatro ex-chiquititas, que falaram com Amadeu por uma chamada de vídeo e se emocionaram.

Quinta-Feira, 06 de agosto
'A Fazenda 2020': humorista Carioca terá quadro fixo no reality

A nova temporada de A Fazenda, reality show da Record TV, contará com uma participação fixa do humorista Carioca. 

Apesar de ainda não ter a lista de participantes divulgada em 2020, a emissora prevê a estreia da próxima edição para o dia 8 de setembro, uma terça-feira.

Mais uma vez, A Fazenda será apresentada por Marcos Mion, no cargo que já foi de nomes como Britto Jr., Rodrigo Faro e Roberto Justus em anos anteriores.

O humorista Márvio Lucio dos Santos, mais conhecido como Carioca, ficou conhecido principalmente por sua passagem pelo programa Pânico, onde ficou por mais de duas décadas.

Quinta-Feira, 06 de agosto
Alanis Morissette lança clipe com família durante a pandemia

Nem a quarentena imposta pelo novo coronavírus impediu diversos artistas de produzirem seus conteúdos. Alanis Morissette provou que consegue fazer um trabalho de qualidade durante o isolamento social.

Na quarta-feira, 5, a cantora divulgou o clipe da música Ablaze, do mais recém álbum lançado Such Pretty Forks In The Road.

No vídeo, que foi totalmente gravado na casa de Alanis, é possível ver toda a família dela.

Em um dos momentos, o marido, Mario Treadway, aparece brincando com a filha, Onyx Solace, e com o pequeno Winter Mercy, que completa um ano de vida agora em agosto.

Em outro trecho, Ever Imrie, o filho mais velho do casal, brinca com bolinhas coloridas.

Alanis Morissette aparece cantando em diversos lugares da residência enquanto as cenas felizes em família surgem.

O clipe pode ser conferido no seguinte endereço na internet: https://www.youtube.com/watch?v=Dn6IO78BmRM

Terca-Feira, 04 de agosto
Henrique Fogaça e Alexandre Herchcovitch falam sobre paternidade
O chef de cozinha Henrique Fogaça e o estilista Alexandre Herchcovitch estão sempre compartilhando nas redes sociais momentos especiais com seus filhos. Fogaça é pai da Olívia, 13 anos, que tem necessidades especiais, João, 12 anos, e Maria Letícia, quatro anos. Já o Alexandre adotou Ben, seis, e Fernando, sete, com seu marido Fábio Souza.

Fogaça compartilhou os desafios da paternidade e revelou que está criando a instituição Olívia Fogaça para ajudar as famílias que não possuem a condição para ter tratamentos com medicina alternativa.

O jurado do MasterChef explicou que Olívia é tem uma síndrome rara, ainda não descoberta, que a impede de andar e falar. Porém, graças ao seu tratamento, ela tem apresentado grandes avanços.

"Ela ainda não anda, a gente tem que estimular, colocar aparelho na perna dela. Mas ela está muito melhor. Fez uma cirurgia e agora está com a coluninha reta e está usando canabidiol. A dieta cetogênica tem deixado ela muito esperta. Ela não fala, mas dá pra perceber que ela entende o que falamos", afirmou Fogaça.

Como é sua relação com a Olívia?

É um amor silencioso. Eu me comunico com ela através do tato, do olhar e até do apertão. Eu sou um pouco bruto e ela gosta quando pego e balanço ela. Fica toda feliz, respira alto e olha pros lados. É uma comunicação em silêncio, mas de muito afeto e muito amor!

Qual é a importância de representar os pais de filhos com necessidades especiais?

A importância é a Olívia ter me escolhido, de ter muitas dificuldades, mas estar se superando. Eu gosto de mostrar isso para as pessoas, porque tem muitas famílias que vivem em um quarto trancado, com um monte de remédio entorpecendo.

Então eu acho muito importante essas medicinas alternativas. Inclusive, estou criando uma instituição Olívia Fogaça pra poder levantar essas bandeiras de uma forma que consiga abrir os olhos dos governantes, para poder ajudar as necessidades de famílias de crianças que não tem condições de ter uma dieta cetogênica ou comprar um canabidiol.

Eu sou apenas o instrumento para que pessoas com necessidades especiais tenham um mundo melhor, assim como a Olívia.

Já o estilista Alexandre Herchcovitch contou sua história com o processo de adoção, falou sobre a diversidade entre os pais e a importância da desconstrução de estereótipos na educação de seus filhos.

Como foi adotar o Ben e o Fernando?

Quando casei com Fábio, já conversávamos sobre adoção. Os dois foram adotados em 2014, o Ben era recém nascido e o Fernando tinha um ano e três meses. O processo durou em média um ano e meio. Fomos bem atendidos, tudo bem esclarecido, tivemos palestra com a juíza, juntamente com outros casais, para entender sobre o processo e também acompanhamento de assistente social.

Sempre quis ser pai e aprendo diariamente com eles.

Qual é a importância de falar sobre diversidade na educação dos seus filhos?

É muito importante incentivar a desconstrução de estereótipos. Vivemos em um mundo diverso, onde, desde sempre, as crianças devem se acostumar. Tudo deve ser mostrado como é na verdade. O mundo é diverso e, quanto mais cedo as crianças entenderem isso, melhor. Nossa família convive com a diversidade e isso é uma realidade na vida de nossos filhos.

Herchcovitch e Fogaça estão participando da nova campanha da Oreo, em comemoração ao Dia dos Pais. A marca reuniu o estilista, o cozinheiro e o ator Lázaro Ramos para contarem versões desconstruídas de histórias infantis clássicas.

O lançamento da campanha será nesta quinta-feira, 6, em uma live no Instagram da marca com a participação dos três às 19h30. Os contos adaptados de Rapunzel, João e o pé de feijão e o patinho feio foram escritos pelo ator e estarão disponíveis também em audiobook.

"O objetivo é incentivar uma conexão dos pais com os filhos de um jeito divertido e propor novas reflexões. A intenção é que, após a leitura, se abra uma porta para que essas questões sejam discutidas. A ideia é trazer representatividade", explica a diretora da marca Fabíola Menezes.
Terca-Feira, 04 de agosto
Fernanda Torres fala de lições da pandemia e da reprise de 'Tapas & Beijos'

Com a pandemia, a atriz e escritora Fernanda Torres viu a estreia da peça com o diretor Felipe Hirsch, inspirada em Adão e Eva no Paraíso, de Eça de Queiroz, ser adiada e as gravações da série Fim, baseada em seu livro, suspensas. E, enquanto não for possível retomá-los, os projetos presenciais da atriz foram substituídos pelas produções do confinamento.

Além de interpretar uma terapeuta na série Diário de Um Confinado, estrelada por Bruno Mazzeo, disponível no Globoplay, Fernanda gravou com a mãe, Fernanda Montenegro, e sob direção do marido, Andrucha Waddington, um dos episódios da série Amor e Sorte, no sítio onde estava confinada com a família, na região serrana do Rio. A série, de Jorge Furtado, deve estrear em setembro na Globo - e contará com outras duplas de atores que estão juntos no isolamento, como Lázaro Ramos e Taís Araujo.

Também por causa da pandemia, as mudanças na grade de programação da emissora trazem de volta nesta terça, 4, a série cômica Tapas & Beijos, protagonizada por Fernanda e Andréa Beltrão. Exibido entre 2011 e 2015, o programa, de Claudio Paiva traz Fernanda como Fátima e Andréa como Sueli, amigas que moram no subúrbio carioca e trabalham em Copacabana, na Djalma Noivas - e é naquele cenário onde se desenrola toda a vida delas, inclusive amorosa. As atrizes dividem a cena com nomes como Fábio Assunção, Vladimir Brichta e Flávio Migliaccio, que morreu em maio. Fernanda conversou com o Estadão, do Rio, por videoconferência.

Como vê Fátima e Sueli hoje?

São personagens muito atuais ainda. São duas mulheres trabalhadoras. Elas não tiveram filhos, não se casaram. É uma série sobre gente que trabalha, que passa mais tempo no trabalho que com a própria família. Então, todos os problemas pessoais, as relações afetivas acabam passando pelo trabalho, que é a realidade de grande parte da população brasileira. E Fátima e Sueli foram criadas na época da ascensão da classe C. Era uma época em que o Brasil estava empregando muito, então estavam todos empregados na série. O Claudio Paiva falou: hoje elas estariam na fila dos R$ 600. E aquela rua inteira estaria fechada: o Djalma Noivas, que vive de casamentos, estaria falido o restaurante do Seu Chalita estaria fechado, primeiro porque não temos mais o Seu Chalita, infelizmente, e depois porque os restaurantes fecharam. A La Conga, a boate, estaria fechada, e talvez só o Armane, com aquela lojinha de produtos chineses, estaria vendendo online. Hoje seria ainda atual, porque acho que hoje trataria das pessoas que perderam seu emprego.

Atualmente, são usados termos como empoderamento feminino, masculinidade tóxica... As duas representam muito esse empoderamento que se fala hoje, são independentes...

É, mas existe uma coisa interessante na série, porque não é só a questão da mulher, tem também a questão de raça, de gênero. O personagem do Orã (Figueiredo) era casado com um travesti. O Armane seria o macho tóxico, mas, ao mesmo tempo, era condenado tanto à mulher quanto à amante, aquilo era quase algo trágico. O que quero dizer é que acho que o Tapas trazia tudo isso, mas não de uma forma panfletária. Às vezes, sinto que esses temas são abordados através de um espírito um pouco acusatório, como se a arte fosse ensinar as pessoas a viver. E acho que o Tapas fazia isso discutindo esses temas sem impô-los.

O elenco se reencontrou pelo Zoom, e imagino a tristeza pela morte do Flávio Migliaccio.

O Flávio era um ator incrível, com a herança do (Teatro de) Arena, com a herança de uma época em que o Brasil perseguia essa questão do homem brasileiro. Meu primeiro contato com o Flávio foi no (Aventuras com) Tio Maneco, que é a estreia do Mauricio (Farias, diretor de ‘Tapas & Beijos’) com 10 anos, ele é um dos meninos do Tio Maneco. Falei disso com o Mauricio: você estreou como ator no Tio Maneco dirigido pelo Flávio, e o último trabalho da vida dele foi com você. Flávio se foi dizendo: o que minha geração lutou não aconteceu, que é uma frustração muito grande, eu sinto nessa geração, que lidou com a ditadura militar que participou dos atos pró-democracia, que viu a social-democracia ascender ao poder e, de repente, a gente chega ao mundo de hoje. Por tudo isso, é uma coisa muito forte a falta do Flávio.

Além de Diário De Um Confinado, você gravou Amor e Sorte, que é também uma série da quarentena.

Foi uma loucura, porque o Jorge (Furtado) me ligou e disse que tinha criado uma série para duplas de atores que estão 'quarentenados'. O Silvio de Abreu falou: a Nanda está na serra com o Andrucha. Então, todos os outros foram dirigidos remotamente, mas a gente tinha o Andrucha. A gente filmava horas por dia, noturnas. Mas foi uma experiência incrível com a família. Ele acabou fazendo um filme normal.

Como será o episódio seu e de Fernanda Montenegro?

Foi tudo escrito rápido. Entre o Jorge falar e a gente começar, foram dez dias. A princípio, ele me chamou para escrever. Eu disse: vai ser esquisito escrever para mim e para minha mãe. Falei: vamos chamar o Antônio Prata. E o Prata, com o Chico Mattoso, desenvolveu algo muito legal, uma espécie de inversão. Uma mãe que foi jovem nos anos 1960, 70, uma mulher que foi livre, e com 90 anos está danada da vida. Era um pouco falar dessa questão da terceira idade que, de repente, tem que ser confinada, tem risco de vida, não pode fazer nada. Aí a gente fez a filha em home office, que mora em São Paulo, do mercado financeiro, que atualmente está tendo de demitir pessoas. E essa filha pega o carro, pega a mãe na praia tomando caipirinha, põe no carro, e sequestra a mãe para isolá-la no mato. São esses dois mundos, e acaba que a quarentena aproxima as duas.

Qual lição vai ficar dessa pandemia?

Lição eu não sei, acho que a pandemia vai interferir no mundo. Acho que o negacionismo do Trump talvez custe a ele a eleição. Então, todo esse posicionamento anticiência que a gente viu crescer de maneira tão assombrosa nos últimos anos, terraplanista, fundamentalista, isso talvez sofra um revés por causa da pandemia. Não estou dizendo que o mundo será melhor ou pior, mas acho que o que está acontecendo com o Trump nos EUA diz alguma coisa sobre essa visão anticientífica. Agora, acho que, assim que sair uma vacina, rapidamente o mundo voltará a poluir como nunca, a devastar como nunca. Não vejo uma mudança profunda.

Segunda-Feira, 03 de agosto
Myrian Rios descobre coronavírus ao fazer exames pré-operatórios
Myrian Rios afirmou que descobriu que estava com o novo coronavírus ao fazer exames pré-operatórios. A atriz teria um quadro assintomático de covid-19.

"Eu ia fazer uma pequena cirurgia para colocar um pino num local que sofreu um desgaste no ombro. Nos exames pré-operatórios foi detectada a covid-19", declarou a ex-mulher do cantor Roberto Carlos em entrevista ao site O Fuxico.

Ela disse que, depois que soube da notícia, ficou isolada em casa cumprindo quarentena.

Myrian Rios ressaltou que não apresentou quadro grave da doença, exceto perda do olfato e do paladar.

"Graças à Deus foi assintomático. Não tive falta de ar, nem febre, nada disso. Apenas perdi o paladar e o olfato", ressaltou a atriz.
Domingo, 02 de agosto
Fernanda Torres e Fernanda Montenegro estarão em nova série 'Amores Possíveis'

A atriz Fernanda Montenegro deve estrear a série Amores Possíveis, gravada durante a quarentena. Segunda publicação de sua filha, a atriz Fernanda Torres, a produção terá no elenco membros da família, incluindo Torres.

Amores Possíveis contará com outros artistas no elenco: Fabíula Nascimento e Emílio Dantas, Lázaro Ramos, Taís Araújo, Luísa Arraes e Caio Blat.

Com direção de Andrucha Waddington, a série foi capitaneada por Jorge Furtado. "O Antônio Prata e o Chico Mattoso desenvolveram uma ideia do Jorge, de uma mãe que tenta esconder da filha que a pandemia acabou, porque a quarentena acabou aproximando as duas. Como havia uma certa urgência, acabamos todos contribuindo, eu, Jorge, o Prata e o Chico", relata o post.

Apesar de não ter data de estreia, Torres conta ainda que o projeto já deixa saudade. "E com a mamãe convivendo com os netos, muito incrível. Foi um acontecimento inesperado, um presente em meio ao caos."

Sábado, 01 de agosto
Felipe Neto aceita convite de Maia para discutir PL das fake news

O youtuber e influenciador digital Felipe Neto aceitou o convite do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para participar de uma reunião na próxima semana, na qual será discutido o projeto de lei (PL) da fake news. O PL 2630/2020, que visa combater a disseminação de notícias falsas, já foi aprovado no Senado Federal e está em tramitação na Câmara.

O político e o youtuber trocaram neste sábado, 1º de agosto, mensagens públicas pelo Twitter.

Maia saiu em defesa do Felipe Neto, que tem sido alvo de ataques após se posicionar contra o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Recentemente, inclusive, Neto gravou um vídeo para o jornal norte-americano The New York Times em que classifica Bolsonaro como o "pior presidente do mundo" e o compara ao presidente americano, Donald Trump.

Ao mencionar Felipe Neto no tuíte, Maia afirmou que "a covardia é a virtude dos fracos". "Esses ataques só reforçam o caráter daqueles que são incapazes de vencer um debate com argumentos e com respeito."

O presidente da Câmara escreveu ainda que, "por tudo que você tem sofrido nesses dias, nós vamos acelerar o projeto de combate às fake news".

Convidou então o youtuber para a reunião - e foi prontamente aceito.

Sábado, 01 de agosto
Luciana Gimenez é clicada em clima de romance com novo namorado no Rio de Janeiro
Luciana Gimenez foi clicada ao lado do novo namorado, Dado Buffara, saindo de um restaurante na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, na última sexta-feira, dia 31
 
A morena está, segundo o jornal Extra, namorando o empresário Dado Buffara desde o Carnaval 2020, onde teriam sido vistos aos beijos.
 
Discretos, eles não falam sobre o relacionamento, mas já haviam sido clicados juntos em um camarote na Sapucaí.
Sábado, 01 de agosto
'La Casa de Papel' inicia gravações da parte final com novidade no elenco

O assalto chegou o fim. A bem sucedida La Casa de Papel inicia as gravações da Parte 5, anunciou a Netflix nesta sexta, 31. Segundo a plataforma, a série começa sua produção no dia 3 de agosto, e será filmada na Dinamarca, Portugal e Espanha.

Entre as novidades, o elenco já conhecido ganha o reforço de Miguel Ángel Silvestre (Sense8) e Patrick Criado. A Parte 5 terá dez episódios. "Passamos quase um ano pensando em como destruir a banda, encurralar o professor e chegar a situações irreversíveis para muitos personagens. O resultado é a quinta temporada de La Casa de Papel. A guerra atinge suas alturas mais extremas e selvagens, mas também é a temporada mais épica e emocionante", afirmou o criador da série Álex Pina para a plataforma.

A temporada ainda não tem data de estreia.

Sexta-Feira, 31 de julho
'Lives' do fim de semana têm shows de Leonardo, Raça Negra e Skank

Diversas "lives" vão ocorrer no fim de semana entre esta sexta-feira, 31, sábado, 1º de agosto, e domingo, dia 2. É possível assistir à maioria delas no YouTube ou em outras redes sociais. No sábado, haverá show de Jorge Aragão, às 20h, e apresentação conjunta do sertanejo Leonardo e o grupo de pagode Raça Negra, com apresentação de Ratinho, às 20h30.

Leonardo volta para um festival sertanejo com nomes como César Menotti e Fabiano e Rick e Renner às 16h do sábado, que também contará com show do Skank às 20h.

O fim de semana se encerra com apresentações de Diogo Nogueira, às 12h, e Gusttavo Lima, às 14h, no domingo.

Boa parte das apresentações no YouTube tem sido feita por conta das medidas de isolamento social pela pandemia do novo coronavírus, que impede a realização de shows presenciais.

Confira abaixo a programação completa com as principais 'lives' da agenda deste fim de semana:

Sexta-feira, 31 de julho

- 19h00 - Alice Caymmi

- 20h00 - Jorge Aragão

- 20h30 - Leonardo e Raça Negra

- 20h30 - Milton Nascimento, Liniker e Xenia França

- 21h45 - Luiza e Maurílio e João Neto e Frederico

Sábado, 1º de agosto

- 16h - Leonardo, César Menotti e Fabiano, Rick e Renner, Giane Giovani, Teodoro e Sampaio, Fabiano e os Parazim (Villa Mix Em Casa Modão 2)

- 17h - Péricles

- 17h - Léo Chaves

- 19h - Erasmo Carlos

- 19h - Serjão Loroza

- 20h - Skank

Domingo, 2 de agosto

- 12h - Diogo Nogueira

- 13h - Léo Santana, Dilsinho e Ferrugem

- 14h - Gusttavo Lima, Matheus e Kauan, Wallas Arrais e Raí Saia Rodada.

Sexta-Feira, 31 de julho
Disney lança filme 'Black Is King', com Beyoncé, para homenagear cultura africana

A Disney lança o filme Black Is King (Preto é Rei, em tradução literal), nova produção do Disney+ que é um álbum visual da cantora Beyoncé, nesta sexta-feira, 31. O trailer foi divulgado em 28 de junho e a cantora comemorou o lançamento em sua conta no Instagram. Ela explicou que a produção busca homenagear a cultura africana.

"Eu acredito que quando pessoas negras contam suas histórias, nós podemos mudar o eixo do mundo e contar nossas verdadeiras histórias de riqueza geracional e de alma que não são contadas nos livros de história", comentou Beyoncé, destacando que o álbum é um "trabalho de amor".

A cantora explicou que a ideia para o projeto surgiu enquanto produzia a trilha sonora da versão "live action" de O Rei Leão e que ela tem produzido o filme há um ano. A ideia é "celebrar o tamanho e beleza da ancestralidade negra", apresentando elementos da história negra e da tradição africana com um "toque moderno e mensagem universal".

Beyoncé contou que espera que o filme sirva como uma inspiração para a continuidade da construção de um legado que impacte o mundo. Na descrição do trailer há a informação de que o filme é uma "reimaginação das lições de O Rei Leão para os reis e rainhas de hoje que procuram por suas coroas".

A produção será lançada no Disney+, serviço de streaming da Disney, neste dia 31 de julho. Como a plataforma não foi lançada no Brasil, ainda não há previsão de estreia por aqui.

Fim dos Posts

Nenhuma página para carregar

Próxima página