16 de junho de 2019
Domingo, 16 de junho
Fãs especulam sobre possível término do namoro entre Fernando e Maiara
Fernando (da dupla com Sorocaba) e Maiara

Algumas atitudes do casal Fernando, 35, (da dupla com Sorocaba) e Maiara, 32, (da dupla com Maraísa) fizeram internautas especularem o fim do relacionamento dos dois neste sábado (15).

Isso porque Fernando publicou uma foto sozinho em seu Instagram, com a legenda: "A felicidade é algo entre a liberdade e a segurança". Momentos depois, o perfil de Maiara na rede social estava desativado, e se mantém assim até então.

Seguidores passaram a questionar se os dois haviam terminado, e até se haviam brigado. "Seria indireta para Maiara?", perguntou um dos internautas na foto de Fernando.

No início do mês de maio Fernando fez uma surpresa romântica para Maiara. Ele encheu a sua casa de pássaros de papel e flores, da garagem até o quarto, para pedir a cantora em namoro -passarinho é o apelido que ele deu a ela.

Por causa do apelido romântico recebido pelo namorado, Maiara fez uma tatuagem de passarinho em seu tornozelo como forma de se declarar a Fernando.
 

Domingo, 16 de junho
Jennifer Aniston diz que tem 'crush' em Steve Carell: 'Ele só melhora com o tempo'
Jennifer e Carell

A atriz Jennifer Aniston, 50, revelou que seu mais novo trabalho, a série "The Morning Show", a fez prestar mais atenção em seu parceiro de cena, Steve Carell, 56.

"Ele só chegou, e ninguém o estava esperando. Todos estavam bonitinhos, e ele estava tímido e fantástico", disse Aniston ao programa The Talk (Fox), mencionando Carell como seu novo "crush" e o da maioria do set de gravação.

"Ele só está melhorando com a idade", disse. O ator é lembrado principalmente por seu papel como Michael Scott em 'The Office", e foi chamado pela atriz de "silver fox" ("raposa prateada", em tradução livre, uma referência aos homens mais velhos e charmosos).

Na série, que vai ao ar no segundo semestre deste ano, propõe-se mostrar como é a dinâmica de poder e atenção entre homens e mulheres que apresentam os programas televisivos nos EUA.

Além deste trabalho, Aniston também pode ser vista no filme "Mistério no Mediterrâneo", com Adam Sandler, que acaba de estrear na Netflix.

Domingo, 16 de junho
Tom Hanks diz que 'Toy Story 4' é um dos melhores filmes que já viu na vida
Tom Hanks dubla o protagonista Woody no filme

Tom Hanks, 62, que dubla o protagonista Woody no filme "Toy Story 4", revelou que o quarto longa da franquia é um dos melhores filmes que ele viu em toda a sua vida.

"É um ótimo filme. É um filme maravilhoso", disse ao apresentador Jimmy Kimmel em uma entrevista divulgada nesta sexta-feira (14).

Ele também comentou que o filme terá "alguns personagens meio estranhos" e que Buzz estará aprendendo a escutar sua voz interior.

"Toy Story 4" estreia nos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (20), e mostrará a jornada de Woody, Buzz e outros brinquedos após a chegada de um novo brinquedo, o Garfinho.
 

Domingo, 16 de junho
Dentinho faz surpresa para Dani Souza no aniversário de 7 anos de casamento
Dani e Dentinho em momento 'love'

Dani Souza, que ficou conhecida como Mulher Samambaia, ganhou surpresa do marido, Dentinho, na comemoração de sete anos de casamento com o jogador de futebol.

Além de cama com pétalas de rosa, eles jantaram juntos, mas Dani não escapou de uma brincadeira: "Ela veio de camisola", ironizou o atleta ao comentar o vestido da mulher.

Dentinho brincou que a esposa demorou para se arrumar. "Você marca o jantar 21h, tá morrendo de fome, toma banho e se troca em 10 minutos. A patroa demora três horas pra se arrumar. Meu Deus do céu, cara, por que demora tanto?", brincou ele. E pior: que quando apareceu, apareceu de "camisola".

Dani entrou na brincadeira. Ela foi jantar fora com Dentinho com um vestido de tecido brilhante, que parece a seda de um pijama, ou de uma camisola. Em seu stories, do Instagram, ela fez uma enquete: "Vestido ou camisola?".

"Você se arruma toda, leva horas para se arrumar e ele fala que é camisola. Pode?", retrucou ela, ainda no restaurante. Eles estão no Brasil, curtindo as férias do jogador.

Apesar da brincadeira, Dentinho foi elogiado pela amada: "Surpreendeu, hein? Tudo organizado, jantar, massagem e tudo! Obrigada, meu amor, te amo! Arrasou", disse a mulher do jogador, com quem é casada desde 2012 tem três filhos.

Domingo, 16 de junho
Chris Martin, do Coldplay, e Dakota Johnson terminam namoro de dois anos, diz revista
Dakota Johnson, 29, e Chris Martin, 42

Dakota Johnson, 29, e Chris Martin, 42, não estão mais juntos. Segundo o jornal britânico The Daily Mail, a atriz de "50 Tons de Cinza" e o vocalista da banda Coldplay decidiram se separar após dois anos de namoro.

Um amigo do casal informou ao jornal que os dois teriam pensado em se casar, mas que o relacionamento acabou tendo um fim há cerca de um mês. "Foi uma surpresa mesmo", disse a fonte. "Chris e Dakota eram muito calmos e sempre pareciam muito felizes juntos".

Discretos em eventos e saídas, Johnson e Martin moravam em casas separadas em Los Angeles. Também não tinham fotos recentes publicadas em suas redes sociais.

Estima-se que união da atriz com o vocalista começou em novembro de 2017. Na época, Johnson foi vista em um show da banda Coldplay na Argentina e, logo em seguida, os dois estavam juntos em um show de Nick Cave, em Israel.

Em outubro de 2018, rumores se espalharam dizendo que os dois esperavam um filho, mas a atriz negou. Martin é atualmente pai de Apple e Moses, frutos do seu casamento com a atriz Gwyneth Paltrow (de "Vingadores: Ultimato"). Já Dakota Johnson namorou o músico Matthew Hit por dois anos, entre 2014 e 2016.
 

Sexta-Feira, 14 de junho
Festival João Rock chega a 18ª edição neste sábado

Com paulistanos "rivalizando" com o público nativo, homenageando Brasília e tendo como cenário o interior paulista, o festival João Rock chega à maioridade neste sábado (15) com 16 shows em seus principais palcos em Ribeirão Preto, a 313 km de São Paulo.

Se, em seu nascimento, o festival teve um palco e quatro shows, ao atingir sua 18ª edição contará com quatro palcos –duas estruturas no principal, para apresentações non-stop– e recorde de público.

Das 65 mil pessoas esperadas no evento –cujos ingressos estão esgotados–, cerca de 20% são da capital, índice semelhante ao da cidade-sede do festival. Em 2018, paulistanos foram 14% dos 60 mil visitantes, segundo Luit Marques, organizador do João Rock.

O palco principal, que leva o nome do festival, terá shows de Paralamas do Sucesso, Pitty –que receberá convidados como Larissa Luz e Lazzo Matumbi–, Zeca Baleiro, CPM 22, Scalene, Fuze, BaianaSystem, Marcelo D2, Alceu Valença, além de Emicida e Rael convidam Mano Brown.

"Quando o rock nacional não tinha tanta pujança, não apostamos em quem fazia bilheteria [artistas], o que poderia mudar o conceito do evento. Ficaríamos escravos da fórmula. Com isso, o festival foi ganhando força no meio e se tornou um prazer para bandas e público", disse Marques.

Criado para abrir espaço a outras vertentes, mas sem se distanciar muito do DNA do festival, o palco Brasil homenageia a cena musical de Brasília, para celebrar as mais de quatro décadas do movimento originado a partir da banda Aborto Elétrico, que surgiu em 1978 e, na década seguinte, resultou na formação de Legião Urbana e Capital Inicial.

Plebe Rude, Raimundos, Tribo da Periferia, Capital Inicial, Natiruts e os músicos Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá (ex-Legião Urbana) se apresentarão a partir das 15h15.

O palco estreou homenageando o Nordeste, há dois anos, e teve no ano passado a celebração da tropicália.

"Criamos o espaço tendo Brasília como musa inspiradora. Tínhamos certeza que seria homenageada em algum momento e agora aconteceu de dar certo. A história de Brasília representa muito para o festival e para o rock."

O palco Fortalecendo a Cena é destinado a bandas que estão surgindo no cenário.

 

PRINCIPAIS SHOWS DO JOÃO ROCK

 

PALCO JOÃO ROCK

15h30 Fuze

16h20 Scalene

17h20 Zeca Baleiro

18h25 BaianaSystem

19h30 Alceu Valença

20h35 Paralamas do Sucesso

21h40 CPM 22

22h45 Pitty

23h50 Marcelo D2

0h55 Emicida e Rael convidam Mano Brown

 

PALCO BRASIL

15h15 Plebe Rude

17h15 Tribo da Periferia

19h15 Dado e Bonfá tocam Legião Urbana

21h15 Capital Inicial

23h15 Natiruts

0h55 Raimundos

 

Sexta-Feira, 14 de junho
Feriado terá 'Forró da Lua Cheia' com Elza Soares e Ney Matogrosso
Ney Matogrosso

Em meio a uma fazenda a 1.200 metros de altitude, o Forró da Lua Cheia reúne nomes como Ney Matogrosso e Elza Soares a partir do dia 20.

Em Altinópolis (a 343 km de São Paulo), a 29ª edição do festival reunirá 90 atrações nos quatro dias do feriado prolongado de Corpus Christi.

Na quinta, Elza Soares faz participação em cinco músicas no show do coletivo Ilú Oba de Min, formado por mulheres ritmistas que trabalha com as culturas de matriz africana e afro-brasileira.

A noite de abertura terá outros seis shows nos dois maiores palcos, um deles da banda Camisa de Vênus. O destaque na sexta (21) é o Planet Hemp.

Ney Matogrosso apresenta show da turnê "Bloco na Rua" no sábado (22), data que também contará com Xênia França –escalada para o Rock in Rio ao lado de Seal–, Djonga, Sax in the Beats e a banda uruguaia Cuatro Pesos de Propina. Chico César e João Suplicy tocam domingo (23).

Assim como no João Rock, paulistanos já representam a maior fatia do público do festival, que deve atrair 10 mil pessoas a Altinópolis –município com 16 mil habitantes.

"Temos compradores de mais de 260 cidades, de seis países. O festival tem aumentado fronteiras, mas nunca foi planejado em sua origem. Foi acontecendo", afirmou o organizador do evento, Tiago Machado Lobo e Silva, o Panela.

O Forró nasceu como festa junina entre amigos nos anos 1980 e é realizado sem interrupções desde 1995. A primeira contratação nacional foi Sá & Guarabira, em 1996, que reuniu 700 pessoas.

"A ideia é manter a filosofia da origem. O objetivo é dar espaço para a galera tocar."

Além da banda uruguaia de ska, artistas do Chile, da França e dos Estados Unidos se apresentarão no festival.

Os ingressos custam de R$ 160 (meia-entrada, um dia) a R$ 420 (quatro dias, com doação de alimento) em forrodaluacheia.com.br.

Sexta-Feira, 14 de junho
Anavitória muda letra de música para criticar Sérgio Moro em show em Curitiba
Anavitória

O duo brasileiro Anavitória continua em turnê pelo Brasil todo com uma série de shows que passará por 13 cidades com 13 convidados diferentes.

Na noite desta quinta-feira (13), as cantoras aterrizaram em Curitiba para mais um show da turnê chamada de "Turnê dos Namorados". Ao lado do músico gaúcho Duca Leindecker, que é marido da ex-deputada federal Manuela D'Ávila, 37, Vitória, 24, e Ana, 24, aproveitaram o espaço para criticar o Ministro da Justiça, Sérgio Moro, 46.

O site The Intercept Brasil publicou no último domingo (9) conversas privadas no aplicativo Telegram, que, segundo a publicação, mostram troca de colaborações entre Moro e Deltan, que podem sugerir que o ministro pode ter interferido na atuação da Procuradoria.

Ao cantar a música "Dia Especial", os três mudaram o verso da letra original. Ao invés de "Sonhei que as pessoas eram boas em um mundo de amor e acordei nesse mundo marginal", Anavitório cantaram: "Sonhei que as pessoas eram boas em um mundo de amor e acordei com o Moro no jornal", fazendo referência direta à investigação que recai sobre o ministro.

A letra original da música "Dia Especial" é uma mensagem de esperança sobre a força do amor para encarar a dor de um mundo marginal.
 

Sexta-Feira, 14 de junho
Keanuísmo: Entenda porque o ator Keanu Reeves foi promovido a Deus nas redes sociais
Keanu Reeves

Com seu jeito de viver discreto e avesso ao mundo das celebridades, Keanu Reeves, 54, voltou aos holofotes.

Depois de uma passagem rápida em São Paulo, neste ano, para negociar locações para filmar uma série, ele passou a promover diversos projetos. E nessas entrevistas e reportagens, começaram a pipocar fatos lembrando sua vida sofrida, seu jeito solitário e solidário. Não demorou para surgir uma religião em seu nome: o Kenuísmo.

Uma página no Facebook com esse nome já conquistou 17 mil adeptos, que se renderam aos encantos do Deus Keanu.

Reeves está em foco por causa do lançamento de "John Wick 3", da dublagem de um novo personagem em "Toy Story 4", que estreia na semana que vem, e por sua rápida aparição "como ele mesmo" na comédia romântica "Meu Eterno Talvez", da Netflix.

As publicações na página confirmam a santidade do ator canadense. Já é antiga a notícia de que o astro da trilogia "Matrix" (1999-2003) faturou com o filme, mas doou boa parte de seu dinheiro a causas sociais. Em 2003, no lançamento do último filme, a franquia já havia rendido mais de US$ 700 milhões (R$ 2,6 bilhões).

A vida do astro é tão simples que ele até usa transporte público para se movimentar em Nova York, onde mora. Há diversos vídeos em redes sociais que comprovam esse fato.

No ano passado, a imprensa americana descobriu que ele faz constantes doações e tem um projeto social para ajudar crianças com câncer. "Tenho uma fundação privada que funciona há cinco ou seis anos e que ajuda alguns hospitais infantis e pesquisas sobre o câncer", disse Keanu em um artigo do Ladies Home Journal de 2009, segundo o site de checagem Snopes.

Essa fundação nasceu porque Reeves sofreu com irmã que foi diagnosticada com leucemia. E essa não foi a única tragédia do canadense.

O mesmo site de checagem foi atrás da real história do ator que é contada em blogs e vídeos que circulam pela internet.

As verdadeiras são em relação à morte de seu melhor amigo, River Phoenix, que sofreu uma overdose aos 23 anos, em 1993. Mais tarde, em 1999, a mulher dele, Jennifer Syme engravidou, mas a criança nasceu morta aos oito meses. O trauma acabou em divórcio.

Apenas 18 meses depois, Syme morreu em um acidente de carro.

Além de toda a história de vida triste, Reeves foi recentemente elogiado pelas mulheres por não abraçar as fãs aos fazer selfies, e ainda deu uma declaração de cortar o coração à imprensa.

"Você sabe, eu sou o cara solitário. Eu não tenho ninguém na minha vida. Mas se ocorrer, eu respeitaria e amaria a outra pessoa; espero que isso aconteça para mim", disse em uma entrevista ao The Jakarta Post.

Por tudo isso, homens e mulheres se derretem na internet por Reeves.
 

Sexta-Feira, 14 de junho
Em nova novela, personagem de Grazi Massafera ficará dividida entre dois amores
Grazi Massafera será Paloma

Já estão a todo vapor as gravações de "Bom Sucesso", próxima novela das sete da Globo, com estreia prevista para 29 de julho. Na trama, a protagonista Paloma (Grazi Massafera) é uma costureira e mãe de três filhos que ficará dividida entre dois amores.

Um deles é Marcos, interpretado por Rômulo Estrela, 35 anos. O ator se prepara para encarar seu segundo protagonista -em 2018, ele deu vida ao rei Afonso de "Deus Salve o Rei".

"Estou muito feliz de fazer algo solar, contemporâneo, um personagem mais solto, mais leve. De cara me empolgou", conta Estrela. "Quando soube que teríamos na trama esse universo da literatura, eu revisitei alguns clássicos. De cara me foi apresentado o Marcos como um Peter Pan, um cara que quer viver a vida e os sonhos."

Marcos é filho de Alberto (Antonio Fagundes), dono de uma editora. Enquanto a irmã Nana (Fabiula Nascimento) se desdobra para administrar os negócios do pai, ele abandona tudo e abre um bar em Búzios, no litoral do Rio de Janeiro.

"Todos os personagens dessa nova novela são muito reais. O Marcos você acha aos montes. Aquele cara de cidade praiana que não se dá bem com o pai é um cara real. Tenho alguns amigos que são assim. A gente pensa o tempo todo em possuir, comprar, e esse cara decidiu que precisa de pouco para viver", afirma o ator.

Apesar do distanciamento que o personagem mantém da editora do pai, Rômulo Estrela conta que teve de ler muito para compor o personagem, de "Dom Quixote" a "Alice no País das Maravilhas". A novela tentará incentivar o hábito de leitura do telespectador. "A gente lê pouco, então tocar nesse tema é importante", avalia o ator.

Além disso, a personagem de Grazi é uma verdadeira apaixonada por livros, e o romance entre Marcos e Paloma será regado a referências de obras da literatura. "Ela o chama de Peter Pan, e ele a chama de Alice. Tem muita coisa que vamos colocar na forma de citações dos clássicos", afirma.

EX-MARIDO

Na novela de Rosane Svartman e Paulo Halm, Marcos disputará as atenções de Paloma com o noivo (e ex-marido) da protagonista, Ramon (David Junior), que volta ao Brasil após 16 anos vivendo fora.

Ramon, que é pai da filha mais velha de Paloma, havia partido para os Estados Unidos para tentar o sonho americano de se tornar um jogador profissional de basquete. E o que o faz retornar ao Brasil é justamente o amor por Paloma.

No papel de um dos protagonistas -o primeiro de sua carreira-, Junior diz que prefere não rotular o personagem. "Não gosto de me chamar de protagonista, dá uma peso desnecessário. Funciona como uma engrenagem. Procuro não me agarrar ao rótulo de estrela, estou ali com a galera", afirma.

O personagem Ramon, contudo, é definitivamente o mais importante da carreira do ator. E o papel veio em boa hora, pois já havia um certo tempo que Junior alimentava o desejo de atuar em uma novela de trama contemporânea -ele participou de tramas de época como "Cordel Encantado" (2011) e "Liberdade, Liberdade" (2016). "A última novela ["O Tempo Não Para", 2018] era contemporânea, mas eu fazia um personagem do século 19."

Agora com papel de destaque em uma novela que vai mostrar o bairro humilde de Bom Sucesso, no Rio, David Junior diz que se trata do trabalho de sua vida. "Sendo eu suburbano, vindo de Nova Iguaçu, ter um personagem assim é bacana. Eu tinha muita vontade de poder representar a vivência que tive e transportar isso para a tela. Sem dúvidas é o meu maior desafio", afirma. "A primeira vez que fui na comunidade visitar me perguntaram se eu queria um segurança. 'Imagina, conheço tudo isso aqui'", respondeu.


 

Sexta-Feira, 14 de junho
Clóvis Rossi, decano da Redação da Folha de S.Paulo, morre aos 76 em São Paulo
Jornalista Clóvis Rossi, decano da Redação da Folha

O jornalista Clóvis Rossi, decano da Redação da Folha de S.Paulo, morreu na madrugada desta sexta-feira (14) em São Paulo.

Ele tinha 76 anos e estava em casa, onde se recuperava de infarto tido na semana passada, deixa mulher, com quem estava havia mais de meio século, três filhos e três netos.

Colunista e membro do Conselho Editorial da Folha de S.Paulo, Rossi publicou seu último texto na quarta-feira (12). Intitulado "Boletim Médico". Ele era, segundo o jornalista, "uma satisfação devida ao leitor, se é que há algum". Seu estilo irônico e descontraído continuava no agradecimento aos colegas do jornal. "Até mentiram dizendo que estavam sentindo a minha falta", escreveu.

Nascido em 25 de janeiro de 1943 no bairro do Bexiga, em São Paulo, filho de seu Olavo, vendedor de máquinas pesadas, e dona Olga, artesã de grinaldas e buquês de flores, ele se formou em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero.

Rossi começou no jornalismo em 1963. Trabalhou nos jornais Correio da Manhã, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil. Teve ainda passagens pelas revistas Isto É e Autoesporte e pelo Jornal da República e manteve blog no espanhol El País. Estava desde 1980 na Folha de S.Paulo.

Ganhou vários prêmios jornalísticos, entre eles o Maria Moors Cabot, da Universidade de Columbia, e o da Fundação Nuevo Periodismo Ibero-Americano, criada por Gabriel García Márquez.

Escreveu os livros "Clóvis Rossi, Enviado Especial, 25 Anos ao Redor do Mundo" e "O que é Jornalismo".

Fez coberturas de eventos históricos, viagens de vários presidentes brasileiros, Copas do Mundo e Olimpíada. Foi correspondente da Folha de S.Paulo em Buenos Aires e Madri. Era presença frequente no Fórum Mundial de Davos.

Gostava de enfatizar sua preferência pela reportagem e não pela edição. Tinha especial orgulho da cobertura que fez sobre o fim do regime franquista espanhol. "Raramente gosto do que faço. Sempre acho que a próxima reportagem vai ser melhor. Exceto nessa cobertura", afirmou na Flip em 2014.

"A Folha e o jornalismo brasileiro perdem um de seus principais e mais premiados repórteres, certamente o mais experiente. Clóvis era admirado por gerações de profissionais por sua independência de pensamento, disposição e rapidez de trabalho e qualidade de cobertura. Vai fazer muita falta", afirmou o diretor de Redação da Folha de S.Paulo, Sérgio Dávila.

Rossi torcia para o Palmeiras e para o Barcelona e dizia ter um sonho não realizado no jornalismo: ser setorista da Liga dos Campeões da Europa.

O velório e o enterro ocorrerão no Cemitério Gethsêmani, em São Paulo. O início do velório será às 15h e o enterro será no sábado, às 11h.

Em 2015, o Congresso da Abraji homenageou o jornalista.

 

Quinta-Feira, 13 de junho
Cuba Gooding Jr. se apresenta à polícia em Nova York após acusação de assédio sexual
Cuba Gooding Jr.

O ator Cuba Gooding Jr., 51, se apresentou à polícia nesta quinta-feira (13) após ter sido acusado por uma mulher de 29 anos de assédio em um bar de Nova York, segundo informações do canal americano CNN. O artista nega as acusações.

Segundo o advogado Mark Heller, que representa o ator, ele se apresentou voluntariamente à polícia. "As imagens de vigilância mostram absolutamente nenhuma criminalidade por parte do meu cliente", completou ele em entrevista à CNN.

A mulher, cujo nome não foi revelado, afirmou à polícia que estava com amigos em um bar de Manhattan, na noite de domingo (9), quando foi apalpada pelo ator na região dos seios. Ela teria reclamado, o que gerou uma discussão entre ela e Gooding Jr. Ela então diz que deixou o local, e acionou a polícia.

O ator já havia se envolvido em outro caso de polícia em 2012, quando foi acusado de empurrar uma garçonete em um bar de Nova Orleans. Na ocasião, a mulher afirmou que ele ficou agitado ao ser reconhecido por alguns fãs e acabou empurrando-a quando ele pediu calma. Ela, no entanto, desistiu da acusação.

Cuba Gooding Jr. venceu o Oscar de melhor ator coadjuvante em 1997, por sua interpretação em "Jerry Maguire: A Grande Virada". Mais recentemente, ele esteve na série americana "American Crime Story", em que interpretou o jogador de futebol americano O.J. Simpson, 71, acusado de matar a ex-mulher.
 

Quinta-Feira, 13 de junho
Bruna Marquezine diz que gostaria de adotar criança e sonha em ter sua própria ONG
A atriz ainda falou sobre o desejo de ter um filho adotivo

Em março deste ano, a atriz Bruna Marquezine, 23, participou de uma viagem missionária na África com amigos. Fotografada aos beijos e abraços com crianças em Angola, Marquezine publicou esses momentos em suas redes sociais. Ela ainda fez uma vaquinha virtual em apoio aos projetos que conheceu durante a viagem.

Seu trabalho com organizações sociais é constante e a atriz diz que gostaria de adotar uma criança, mas afirma que esse tipo de coisa não tem como ser planejada. "Tenho muita vontade [de adotar]. Mas é algo que surge [...] Não tem como dizer que vai ser com tantos anos ou se eu estiver casada. São coisas que acontecem", afirmou a atriz, em entrevista ao site Quem.

"Por mais que eu tenha uma vontade, eu sei que tem o tempo certo para isso. É uma felicidade genuína e pura. Hoje, eu ajudo ONGs da forma que eu posso, apoiando e contribuindo com a minha imagem e outras formas", completou Marquezine.

Além de ajudar organizações e participar de missões em grupos, Bruna ainda contou que gostaria de ter o seu próprio projeto social. "Tenho um sonho. Mas ainda não tenho ele totalmente idealizado. Eu quero ter uma ONG, mas encontrei muitos projetos legais que ajudo. Acho que ainda vai acontecer de eu ter a minha um dia", revelou a atriz.

"Eu me senti completa por inteiro quando estava servindo ao próximo, tanto na viagem ao Oriente Médio, como na missão na África. Eu sou muito feliz fazendo isso", conclui.

Foi também em viagens à África que a atriz Giovanna Ewbank se encontrou com Titi, sua filha adotiva. O processo de adoção levou mais de um ano, segundo a atriz. Agora, ela e o marido Bruno Gagliasso pensam em ter mais filhos.
 

Quinta-Feira, 13 de junho
Spice Girls vão participar de filme de animação sobre a banda
Spice Girls

Há quase dois anos foi relançado o filme das Spice Girls, "Spice World" ("O Mundo das Spice Girls, no Brasil"), no Reino Unido, para celebrar os 20 anos do longa. Na época, a arrecadação no país britânico foi surpreendente e chegou a 90 mil libras esterlinas (cerca de R$ 356 mil).

No mês passado, as britânicas Mel B, Mel C, Emma Bunton e Geri Halliwell iniciaram sua turnê de reunião do grupo, em Dublin, com exceção de Victoria Beckham. A mulher do ex-jogador David Beckham disse que não se reuniria "com minhas garotas no palco de novo, mas ter sido uma Spice Girl foi uma parte extremamente importante da minha vida e desejo-lhes muito amor e diversão nessa volta."

E, agora, a Paramount anunciou que fará um segundo filme do grupo, porém, dessa vez, uma animação. De acordo com o site da revista The Hollywood Reporter, Mireille Soria, presidente da Paramount Animation, afirmou que todas as cinco integrantes da banda vão participar desse novo projeto, que deve ser lançado em 2020.

Com produção de Simon Fuller, e roteiro de Karen McCullah e Kiwi Smith, o desenho animado vai incluir os clássicos das Spice Girls, além de novas músicas. As Spice Girls "tiveram uma ideia que estamos desenvolvendo", diz Soria ao The Hollywood Reporter. "Elas estão muito envolvidos."

Quinta-Feira, 13 de junho
Namorada de Gabriel Diniz narra o dia dos namorados perfeito com vídeos antigos
Namorada de Gabriel Diniz narra como seria o Dia dos Namorados

A namorada de Gabriel Diniz, cantor que morreu aos 28 anos em um desastre aéreo no fim do mês passado, fez uma homenagem a ele no Dia dos Namorados. Com muito bom humor, Karoline contou como seria o dia perfeito do casal.

Karoline explica que preferiu falar no presente, como se Gabriel ainda estivesse aqui. "...As lembranças sempre estarão vivas e me basearei nelas para falar um pouco de como seria!", escreveu no início de uma sequência de Stories, no Instagram.

Com vídeos de momentos que eles passaram juntos, Karoline imaginou um jantar "com direito a pedido do cardápio bem discreto". Na imagem, Gabriel faz um escândalo com os braços para chamar o garçom, enquanto ela dá risada com o namorado.

Ela ainda lembra dele cantando em inglês tudo errado e brinca com a forma que a Gabriel tinha de declarar. "E enquanto o jantar não chega, brindamos a nós! Recebo uma declaração superestilo José Gabriel. E mais 'declaração' com uma música em inglês qualquer só para confirmar que me surpreende sempre! Como eu amava essa cantoria em inglês fluente", escreveu.

A TRAGÉDIA

Gabriel Diniz morreu em um acidente aéreo na cidade de Estância, na região de manguezal do Porto do Mato, perto da divisa entre Sergipe e Bahia no último 27 de maio.

O músico nasceu em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, mas desde os dois anos morava na cidade de João Pessoa. Por onde andava, Gabriel Diniz carregava o nome da Paraíba.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Sergipe, por volta das 12h40, a aeronave em que o cantor viajava para Maceió não estava mais no radar do Grupo Aéreo Tático do Recife.

Ao encontrar a aeronave, foram achados três corpos, entre eles, o do piloto Linaldo Xavier. Engenheiro eletricista, ele se dividia entre a profissão e a aviação executiva.