Mandala: o círculo é a origem

Por: Karina Gera

A palavra ‘mandala’ vem do sânscrito e significa ‘círculo de cura’, ‘totalidade’ em sua forma mais abrangente. A palavra é derivada da raiz manda, a que o sufixo la, recipiente sentido, foi adicionado. Assim, uma conotação óbvia de mandala é que é um “recipiente da essência”. Como uma imagem, uma mandala pode simbolizar tanto a mente como o corpo, ou seja, o círculo do universo.

A mandala é uma das formas de arte da humanidade mais antiga. Com o círculo como base, reflete a eternidade e toda a natureza: o sol, a lua, os planetas e todo o universo. O sol nasce e se põe em um círculo interminável. Árvores, pedras e gotas de chuva são circulares, e mais, flores e frutos são esféricos. As células e átomos que formam tudo no universo e também o princípio da vida (esperma e óvulos) possuem formas circulares.

O principal ensinamento da mandala praticado pelo budismo é de que neste mundo nada nos pertence, por isso, após as cerimônias de construção das mandalas em areia, elas são destruídas e a areia é varrida de cima da plataforma e colocada em uma urna; para cumprir a função de cura, metade da areia é distribuída ao público da cerimônia, e o restante é carregado a um copo de água próximo, onde é depositada. As águas carregam então a bênção de cura ao oceano e dele se espalham para a cura do mundo inteiro.

Mandalas têm sido utilizadas por budistas, hindus, tibetanos e os nativos americanos na oração, meditação e cura. Já os cristãos utilizam este objeto para decorar catedrais e sinagogas em vitrais e o chão das igrejas na forma de rosáceas, desenhos e mosaicos. O circulo é um símbolo muito forte e remete a energia sagrada, força suprema e vital.

Durante o mês de outubro você poderá conhecer mais sobre a história das mandalas na minha exposição “Energia, energia: o circulo é a origem” que estará aberta ao público gratuitamente do dia 06 ao dia 30 na Pinacoteca “Miguel Angelo Pucci”, rua Campos Salles, 2210 no centro da cidade de Franca. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira das 8 às 20 horas e aos sábados das 9 às 13 horas. Muita energia positiva para você!

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras