Papel de mulher

Por: José Valdeci Cezário Gonçalves

No palco da vida
Ela é atriz
Mulher fingida
Que eu tanto quis


Me entreguei
Ao seu amor
E muito chorei
No palco da dor


Mulher ingrata
Por ouro e prata
Me abandonou


Na sua estréia
Eu fui a platéia
Que ela enganou

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras