Ruína

Por: Sônia Machiavelli

Por trás das ripas
das persianas
da janela entreaberta
da semicerrada porta
e da cortina de cílios
é possível ver o homem
desabando

ironizou os andaimes
menosprezou a estrutura
acreditou no acessório
só apostou na fachada
-o míope arquiteto
ensimesmado

A ferragem
mostrou
ferrugem
a argamassa
esfarelou
os adornos
caíram
todos
nesta construção
de escombros
que o tempo
aprimorou

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras