Outro exílio

Por: Claudia Filipin

...e, numa tarde chuvosa de março, primeiro sofreu de uma irredutível culpa; depois agonizou em águas pastosas de solidão; por fim, morreu lentamente de banzo aguardando a tão desejada anistia. Aqueles que considerava tão retos e tão justos se mostraram - para sua surpresa e maior tristeza - implacáveis e até mesmo cruéis no dia de seu juízo final.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras