Projetos emergentes

Por: Tânia Liporoni

Daqui a alguns anos quero olhar para trás e ver que pouca coisa ficou. Que os melhores anos da vida foram esses, hoje, aqui e agora, nesse instante. O passado já se foi, e o futuro, não se sabe bem como será. Portanto, é preciso tornar-me significativa, fazer algo pessoal, alguma coisa entre o inesquecível e o corriqueiro, bem no meio do caminho, para, assim, essa presença ser importante e, ao mesmo tempo, parte do dia a dia. Uma receita incomum, um sorriso acolhedor, uma energia boa, agremiações, traços de bons presságios, algo que me torne singular deixando meu rastro aqui nesta terra. Porque, no futuro, não queria chorar pelo leite derramado.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras