Ação Franca pela paz

Por: Tânia Liporoni

Para que tanta pressa? Pressa em obter prazer imediato, em fugir da realidade? Essa necessidade vem causando danos à própria pessoa, àqueles relacionados, e, ainda, aos não envolvidos os chamados inocentes. A velocidade do carro também, seja ela fruto de excesso de juventude (mesmo que tardia) ou ao uso de produtos industriais fabricados para levar bem estar àqueles que não querem, ou não conseguem, obtê-los sozinhos: álcool, crack, cocaína, maconha, remédios controlados sem prescrição médica e outros. A atualidade exige sucesso e prazer. Sorrisos esfuziantes e alegrias. Mas, tais fatores, penso eu, devem surgir da própria pessoa que nutre sua vida de forma saudável para que eles ocorram. Sabendo que, muitas vezes ou fases, eles não irão acontecer e está bem mesmo assim. Pensemos nesses temas e fiquemos de olho nas nossas crianças, de pouca ou muito idade. A semana “ Ação Franca pela Paz” começará agora, de 06 a 12 de novembro. Vamos humanizar. Vamos participar. Sem pressa.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras