Novembro 2

Por: Talita Machiavelli

Tanta gente morta por aí...

Muitas pessoas estão mortas e não se deram conta disto. Mortos por dentro. Mortos para a vida. Não sabem dar um sorriso gratuito, não conseguem pedir perdão, não conseguem perdoar a si mesmos. Reclamam de tudo, da família, dos amigos, do salário, do governo, do vizinho, do tempo, do corpo, da mente, da solidão, de não ter expectativas, da inflação, dos juros altos, resmungam a toda hora. Só não conseguem...agradecer, por menor que seja o motivo. E já outras, que partiram, impressionante: continuam vivas! Nas doces lembranças, nos objetos que deixaram, nas plantas que semeraram, nos frutos que colheram e principalmente nos exemplos oferecidos, nas palavras proferidas, de amor, ternura e caridade.

Sim, senhor, estas são pessoas eternizadas!

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras