Acorde Mi

Por: Talita Machiavelli

Fátima estava concentrada no árduo trabalho diário. Poucas vezes entrava na sala de brinquedos do filho, um garotinho de 5 anos,  pois tudo corria bem. Pelo excesso de tarefas não percebeu o som que vinha de dentro. Já era tarde  quando foi  despertada por um grito:
“- Mi acode!” Correu a mãe apavorada em direção à criança  temendo o pior. Ao se deparar com a cena,  viu  os dedinhos delicados sobre as cordas de um violão e um olhar admirado: - Olha mamãe,  descobri o MI ACODE! Fátima desejou  em seu coração  para sempre aquele tipo de surpresa.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras