O álbum

Por: Maria Rita Liporoni Toledo

Conheceram-se em uma festa de fim de ano e no mês de maio já estavam casados. Não faltaram conselhos e advertências dos amigos e familiares para que esperassem um pouco mais, mas a paixão que viviam naquele momento só seria aplacada com o casamento, ou melhor, com a festa do casamento. Para ela, a festa, os noivos não pouparam dinheiro nem dedicação . Preparativos, detalhes, surpresas, tudo organizado com muito luxo, apesar “da simplicidade ser o último grau da sofisticação”; eles queriam um evento compatível com a emoção que sentiam. E foi mesmo grandioso o casamento. Muitos convidados, muita alegria, presentes caríssimos, inúmeras fotografias e música até raiar o dia. Não faltou a viagem de lua de mel para uma praia distante e paradisíaca.

No início da vida a dois tudo foi maravilhoso, até que a realidade sobressaiu ao sonho. O que primeiro causou discórdia entre o jovem casal apaixonado foi a questão financeira e ela foi tão pertinente que os levou à separação . Enquanto faziam os últimos acertos chegou o álbum com as fotos do casamento . Maravilhoso , duas caixas revestidas de veludo azul, com as iniciais do casal gravadas em metal dourado, fotos belíssimas, coloridas e artísticas. E agora? Quem ficaria com o álbum? Quem pagaria aquela quantia altíssima por ele? Tentaram separar as fotos, mas era impossível. Quando não estavam os dois juntos, sempre tinha algum familiar ou padrinho do outro completando a pose. O mesmo acontecia com os convidados que sempre apareciam juntos uns aos outros. Nenhum dos noivos, outrora apaixonados, queria o álbum e muito menos pagar por ele.

A fotógrafa profissional que acompanhou os noivos, passo a passo, procurando os melhores ângulos e as imagens mais bonitas precisou reconsiderar o valor do seu trabalho e fazer um acordo com o pai da noiva, recebendo apenas o custo de suas despesas. Depois desse fato, ela organizou um contrato prévio assinado pelos noivos, para o caso da paixão se esvair muito rapidamente.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras