Cidadão

Por: Ronaldo Silva

Quatro anos distribuindo moedas aos maltrapilhos da Praça da Catedral serviram para que eu me sentisse como o mais bondoso dos cristãos.

Alguns segundos diante da urna, reelegendo políticos engravatados da Praça dos Três Poderes, bastaram para que eu me descobrisse como o mais inútil dos cidadãos.
 

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras