Restos

Por: Karina Gera

A voz já não se ouve, não sei o que houve, talvez foi tempo demais sem escutar as próprias vozes. Se me calei não foi por opção, engolir palavras a seco emite um som sem graça. Quero sinfonia, acordes, melodia! É claro que isso todo dia! Viva a música que sobrou de mim.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras