Deus é brasileiro

Por: Chiachiri Filho

“Deus é brasileiro” é mais do que uma frase: é uma crença. Crença arraigada no pensamento e no comportamento de nosso povo. “Se Deus quiser”, “Graças a Deus”, “Deus é pai” “Deus há de prover”, “Espero em Deus”, “Deus há de nos ajudar”, “Deus é misericordioso” são expressões corriqueiras de nossa gente, expressões envoltas em muita fé e religiosidade. A própria Presidenta Dilma, provocada por um jornalista portenho, declarou:

– O Papa é Argentino, mas Deus é brasileiro.

Eu também creio que Deus é brasileiro. Esse é um grande país, um verdadeiro continente. Um país em que inúmeras raças e religiões convivem em paz e harmonia. Um país onde existe tolerância no sentido mais amplo da palavra (embora algumas novas e extravagantes seitas muito insignificantes, é verdade, pretendam introduzir o germe do radicalismo).Sem dúvida, vivemos num país abençoado por Deus e bonito por natureza.

Eu acredito que a Divina Providência conduz os destinos de nossa Pátria. Às vezes, porém, atormentam-me algumas situações que despertam em mim algumas dúvidas. Atormentam-me quando as enchentes desabrigam e matam milhares de pessoas no Rio ou em Santa Catarina. Quando as eternas secas no nordeste dizimam as populações sertanejas. Quando o tráfico de drogas domina e amedronta os cidadãos inocentes dos morros e dos planaltos. Quando as obras públicas nunca terminam e sempre são superfaturadas. Quando a saúde, a educação e a segurança são simplesmente ornatos de programas de ação. Quando os nossos representantes cuidam mais de si próprios do que do povo que os escolheu. Quando a corrupção é condição para o sucesso e a obtenção do poder. Por tudo isso, às vezes eu me pergunto:

– Será que Deus é mesmo brasileiro?

Não há dúvidas: Deus é mesmo brasileiro (e não precisamos nos importar com a nacionalidade do Papa)

Deus é mesmo brasileiro. Contudo, o grande problema é o seguinte: em muitos casos, é o Diabo que nos governa.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras