Parceria

Por: Lúcia Helena Maniglia Brigagão

225701

Dudu e Moá, dois grandes nomes ligados à música francana. Particularidade: ambos foram professores de instrumentos musicais da maioria dos músicos que se apresentam hoje na noite francana. Moá, baixista de vocação, montou escola que teve três memoráveis endereços: a pequena casa da Padre Anchieta, na Praça do Cemitério e atualmente na Júlio Cardoso. Entre o primeiro e terceiro endereço, o espaço de 30 anos, a serem festejados este ano. O aniversário da Si Toque – o nome da escola permanece – deverá ser com apresentação dos seus alunos e ex-alunos baixistas, guitarristas e violonistas. E o som, dos tradicionais roqueiros nacionais e da moderna MPB. Dudu, voz inconfundível, energia imensa e contagiante, presença de palco marcante não leciona mais violão, o instrumento que é ainda extensão de sua vitalidade nas raras vezes em que se apresenta cantando. Entre os dois músicos permanece a bonita e antiga amizade, fruto da afinidade e da afinação musical de ambos.
(Lúcia H. M. Brigagão)

Envie sua foto de família, caro Leitor, este espaço é seu!
Mande para letras@gcn.net.br

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras