Ele me fez poesia

Por: Karina Gera

Quando o coração é amor, os olhos são espelhos, a boca é flor, a mão é carinho, os pés são caminhos e o corpo não anda sozinho. Quando ele me fez poesia, deixei de ser verbo, deixei de ser certo, deixei os caminhos retos, não conjuguei mais o medo,  fui sim só desejo e agora encontrei-me no plural. 
 
Karina Gera, publicitária

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras