Emma

Por: Lúcia Helena Maniglia Brigagão

260069
Foi na Sociedade Italiana, quem sabe? Certa vez sogra e algumas noras foram a alguma comemoração: a foto comprova.  A doce senhora no centro é dona Emma Smolari Bettarello, esposa de Argante Bettarello, ourives e relojoeiro, que veio da Itália com seis anos. Argante e Emma se casaram em Santa Cruz das Palmeiras, moraram em Batatais e São José da Bela Vista e se radicaram em Franca. Argante morreu com 41 anos e deixou oito filhos, todos menores de idade, e ainda um nono, nascido 45 dias após sua morte. Filhos, pela ordem de nascimento: Aurélio, Hugo, Mário, Guido, Bruno, Noêmia, Leandro, João e Argante Filho casados com Lygia, Cherubina, Adelaide, Elza, Helena, Arlindo, Maria Helena, Maria José e Maria Inez.  Como era costume,  o filho mais velho, Aurélio, recebeu o encargo de encaminhar os irmãos menores. Nos Natais, vó Emma fazia o Pudim, receita da família. Na foto estão Ade, Maria Helena, vó Emma, Lygia e Cherubina. Emma e Argante tiveram 9 filhos que lhes deram 36 netos, que construíram parte da história de Franca
 
(Lúcia H. M. Brigagão)

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras