O Amor

Por: Luna Mel mar

O Amor que pode ser conceituado como grande afeição de uma pessoa por outra é o responsável por dar mais beleza à vida. Embora esse sentimento seja desejado por muitos, ele é sentido por poucos.
 
No primeiro olhar, muitas vezes, origina-se a paixão ou, pelo menos, a curiosidade pelo outro. O Amor à segunda vista é fruto da amizade e da convivência. Seja como for, essa terna emoção deve ser cultivada nos pequenos gestos e expressões já que o seu surgimento é natural, mas a sua perpetuação é consequência da persistência do casal.
 
Cumpre destacar que, na vida dos seres amantes, há inúmeros desafios. O mais árduo desses é a convivência que deve alcançar o equilíbrio entre os anseios de um e de outro. Ultrapassar obstáculos é um exercício constante para quem pretende construir ou manter lindas histórias de amor.
 
As delícias de amar e ser amado incluem paixão e companheirismo de modo que um simples beijo pode tornar-se a maior sensação, e o apoio do ser amado é capaz de amortizar o tombo em um momento difícil. A felicidade faz morada em um lar repleto do mais puro Amor.
 
Na verdade, quem ama não conhece apenas a alegria, mas também as mágoas e as frustrações oriundas do Amor. Esse sentimento revigora a vida de quem o experimenta e faz com que os desgostos por ele provocados sejam irrisórios em vista de suas recompensas.
 
 
Luna Mel mar, leitora
 

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras