Seguir, por onde?

Por: Farisa Moherdaui

O que não consigo fazer é mudar o caminho que conheço por um outro caminho desconhecido, quando de carro, preciso ir a qualquer lugar, seja um bairro ou até mesmo uma rua fácil de ser encontrada. É quando me atrapalho e me perco mesmo sendo boa motorista.
 
Dia desses, fui à Vemafre Veículos, o que estou acostumada a fazer, mas passando sempre pela avenida Paulo VI. Já na volta, não sei  porque o desafio de passar por um outro caminho que eu não conhecia. Nem vontade, nem desafio, acho que burrice mesmo.
 
Já no carro, depois de alguns minutos fui achando estranho não encontrar a saída para a cidade e ninguém para informar. Estacionei, desci do carro e a pé subi um bom pedaço de chão, procurando um meio de sair do apuro. Foi quando avistei um alojamento de guardas que de guarda só vi um, andando pelo pátio. Perguntei como encontrar a saída e ele disse que também não sabia. Virgem Maria, o que fazer se nem o guarda sabia o caminho.
 
Mas naquele momento como um milagre, pude ver subindo a avenida uma viatura em alto som e cheia de luzes vermelhas que num acende e apaga parou ao meu lado e eu pude perguntar ao soldado motorista:
 
- Senhor me ensina por favor como chegar à cidade pois estou meio perdida e o meu carro deixei lá em baixo. E o policial solícito:
 
- A senhora entra na viatura ao meu lado e eu a levo até onde está o seu carro. Depois é acompanhar a viatura que vai abrindo caminho.
 
Aliviada, fiz como o policial recomendou, mas já na entrada da cidade, Ave Maria! Horário de pico, o trânsito maluco, cruzamento por todos os lados. A viatura, com suas luzes vermelhas, acionada a sirene, claro que todos lhe deram passagem. Eu, perdida em meio à confusão perdi também a viatura, o guarda e o próprio rumo. Me benzi, rezei muito, chamei por todos os santos e consegui sair vivinha daquele labirinto.
 
A viatura, o policial onde foram parar? Sei lá, mas buscar caminhos que não conheço, eu juro, nunca mais.
 
 
Farisa Moherdaui, professora 

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras