A caixinha

Por: Cristiane Ávila Paulo

Queria caber numa simples caixinha
Lá ficar por cinco minutos sozinha
Escondida de qualquer pensamento
 
 
Do cansaço de procurar um porquê
Da insistência em  saber para quê
Sossegar a mente por um momento
 
 
Ignorar a menor falha cometida
Esquecer a menos dolorosa ferida
Dar ao coração um mínimo alento
 
 
Mas não conseguiria fácil assim
Seria impossível eu fugir de mim
É melhor refletir junto ao vento
 

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras