Felicidade

Por: Luiz Cruz de Oliveira

A  Rosa se abriu e me acordou amanhãs.
Ao meio do dia, fechou-se em copas.
Depois da tarde, ela se foi com o sol,
E eu adormeci sobre espinhos
 
 
Luiz Cruz de Oliveira, professor, escritor, autor de 23 livros
 
 

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras