Época

Por: Zelita Verzola

Os recentes protestos do povo serviram, pelo menos, para uma coisa: lembrar que o brasileiro não perdeu a capacidade de indignação. Bom seria que, aproveitando a época pós Páscoa , cada um de nós se lembrasse de fazer um autoprotesto. Parar de dizer sim quando é preciso dizer não, e vice-versa, poderia ser um bom começo. Possivelmente uma ressurreição bem eficaz estaria emergindo.
 
 
Zelita Verzola, professora

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras