Nossa Senhora de Guadalupe

Por: Lúcia Helena Maniglia Brigagão

288076
Virgem de Guadalupe, é padroeira do México e Imperatriz da América. Venerada pela igreja católica, teria aparecido ao índio nahua Juan Diego, em Tepeyac, noroeste da Cidade do México em 9 de dezembro de 1531. No lugar da aparição nasceram rosas em pleno inverno, flores desconhecidas dos mexicanos naquela época. Dizem,  ela teria encarregado o índio de dar um recado ao bispo local: que ele lhe construísse um templo, exatamente naquele lugar. Como prova de sua existência, que o índio colhesse e levasse rosas para a autoridade, embrulhadas num xale. Surpresos, perceberam que no tecido estava impressa a imagem da virgem. Este quadro está exposto no Santuário assombroso que substituiu o pequeno templo construído no século XVI. Milhões de fiéis notam, espantados, o tecido de agave que não mostra sinais de deterioração. A ampliação dos olhos da imagem milagrosamente gravada, parecem refletir o que estava à sua frente em 1531: o índio ajoelhado, entre flores: pareidolia ou apofenia,  talvez. São milhões os milagres atribuídos à santa,  como são milhões os peregrinos que formam as imensas filas que desfilam emocionados diariamente em frente à imagem.
 
 
(Lúcia H. M. Brigagão)

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras