Espinho

Por: Waly Salomão , (1943-2003)

“Não sou eu quem dá coices ferradurados no ar. É esta  estranha criatura que fez de mim seu encosto. É ela!!!  Todo mundo sabe, sou uma lisa flor de pessoa, sem espinho de roseira nem áspera lixa de folha de figueira.”
 
 
Waly Salomão, (1943-2003), poeta  que sugeriu a Gilberto Gil, então ministro da Cultura, colocar um livro na cesta básica do brasileiro.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras