1985

Por: Angela Gasparetto

1985. Ouvindo exaustivamente James Taylor. Ouvindo exaustivamente Rod Stewart.
 
Rock in Rio. Influência daquele festival. Emoção da juventude, sonho deslumbrado daquela geração de país denominado terceiro mundo, mas de juventude de primeira...
 
1985. Primeiro presidente eleito, mesmo que de voto indireto.  1985,  coração fremente de alegria. 
"Coração de estudante, há que se cuidar da vida", como dizia Milton Nascimento.
 “Há que se cuidar do mundo”. Coração de esperanças.
 
Deitada em minha cama, olho pela porta e a vejo. Ainda limpa o armário da sala de jantar. Pule as louças, limpa o pó de uma vida.
 
Suas mãos sardentas. Seus cabelos loiros tingidos, mas lindos de tão naturais.
Seu sorriso amoroso. Suas chamadas intempestivas.
 
1985. Cabelo Pigmaleão, calça jeans, brincos de argola.
James Taylor. “You’ve got a friend”. Você tem um amigo. Eu só tinha você de amiga. 
 
O rádio enorme, as fitas cassetes, os discos de vinil no canto, o calor no corpo. A rebeldia na alma.
Você ainda continua limpando o armário. Depois, passou para mesa amarela de fórmica, sonhos dos anos 60.
 
James Taylor começou agora a cantar “You can close your eyes”.  
“So close your eyes
You can close your eyes
It's all right”
Só quero fechar os meus olhos. Está tudo certo.
 
A casa é a mesma.  Só que agora , 2015. O quarto é o mesmo, mas objetos outros adquiridos pelos sonhos da mudança.
 
O armário agora é de madeira e a mesa não é de fórmica amarela. É de madeira, adquirida por sonhos de terceiros.
 
Você não limpa mais nada. 30 anos depois o país voltou a estagnar. Estamos talvez próximos do retrocesso de antes de 1985. 
 
Mas só quero agora fechar meus olhos. Só queria abri-los de novo em 1985, você ali limpando a sala de jantar sonhada, eu no quarto almejado, sonhando o país esperado, ouvindo James Taylor, me rebelando, mas sabendo que tinha você como amiga.  “I just wanted a friend like you"....

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras