Primeiro poema depois da separação

Por:

304340

A noite caiu rápida

e a solidão

repousa no meu leito

soberana, dona de mim.

 

Tornou-se inútil

evocar o amor.

É apenas uma palavra

dentro do velho dicionário.

 

Estar só não é uma necessidade

(não necessidade permanente, ao menos)

mas parece inevitável.

 

Pior é o medo

de que seja assim para sempre.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras