A vida

Por: Ronaldo Silva

304821
A vida escorre
pelas cidades e pelos campos,
apressada como só ela,
assustadoramente passageira.
 
Já distribui o choro às crianças.
Já recolhe o expirar dos velhos.
Não é minha, nem de meus filhos.
Tampouco de meus netos ou bisnetos.
 
A vida é de todos e não é de ninguém.
Nós é que a ela pertencemos
por uma migalha de tempo
um milésimo da hora eterna.
 
Ela simplesmente está aí,
quer a aproveitemos,
quer a desperdicemos.
A vida nos é indiferente.
 

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras