Cheia

Por: Luiz Cruz de Oliveira

329852

Ela me sorriu, e um rio nasceu, correu dentro de mim.
Ela se foi e, na hora, foram-se as orlas na enchente, no mar, no ranger de dentes.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras