Fábula

Por: Zelita Verzola

331642

Era uma vez uma árvore num campo verde. Dois homens resolveram cuidar dela. Não eram amigos. Nem entre si e nem da árvore. Cada um a tratava à sua maneira, de preferência emperrando ou desfazendo o trabalho do outro. A árvore sofria. Pedia-lhes que entrassem em entendimento, que a respeitassem. Não conseguiu. Quase morreu. Quase. Passado um tempo os dois é que morreram. O povo, supondo que eles tivessem amado a árvore, os enterrou ao pé da mesma. Ei-la enfim em paz. Cuidada então por quem a ama e, portanto, aprende como tratá-la, revive. E espalha flores, frutos, sementes campo afora.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras