Dia da Mulher

Por: Zelita Verzola

Divide as mulheres. As que acham tão charmoso ter um dia só delas! Recebem cumprimentos, flores, bombons e afins. E só. Patético. E as que gostariam de que não precisasse mais haver um dia só para se lembrar da mulher, mas que ela fosse lembrada todos os dias. Com cumprimentos, flores, bombons ou afins. E mais respeito, consideração, valorização, equidade. Enquanto isso não for  realidade para todas, ou pelo menos para a maioria, celebremos com consciência “nosso dia”.

Envie seu texto
e faça parte do Nossas Letras